22 abr 2009 - 21h27

Que venha o Corinthians!

O Atlético venceu o ABC, de Natal por 3 a 1 na noite desta quarta-feira, na Arena da Baixada e avançou na Copa do Brasil. O Furacão começou avassalador e logo aos dois minutos o atacante Rafael Moura colocou a primeira bola do Rubro-negro nas redes do ABC.

Logo em seguida foi a vez do meia Marcinho ampliar o marcador em excelente jogada de Wallyson pelo lado esquerdo do campo. O atacante atleticano deixou para trás dois marcadores entrou na área e cruzou, Rafael Moura escorou a bola, o goleiro potiguar a defendeu parcialmente e na sobra Marcinho apenas empurrou para o fazer o segundo rubro-negro da noite.

O primeiro tempo seguiu com o Atlético pressionando o adversário, mas sem conseguir ampliar o marcador. Já o ABC poucas vezes chegou ao gol de Galatto na primeira etapa.

Mais um pênalti desperdiçado e a classificação

Como era de se esperar o ABC iniciou o segundo tempo com um pouco mais de força ofensiva que o Atlético que como a garoa fina que caia na Baixada apenas jogou com o regulamento embaixo dos braços. Afinal de contas tinha empatado a partida lá em Natal por 2 a 2 e a vitória em casa carimbava a passagem para a próxima fase.

Cadenciando o jogo e sem muita objetividade ofensiva o Rubro-negro deixou o time potiguar se aproximar da meta de Galatto até conseguir seu gol aos trinta e três minutos do segundo tempo com o zagueiro Gaúcho cabeceando dentro da pequena área, após um escanteio.

O gol do ABC acordou o Atlético que logo em seguida teve um pênalti a seu favor. Na boa jogada feita por Gabriel Pimba, que entrará no lugar do paraguaio Júlio dos Santos, Marcinho foi aterrado na área e o juiz catarinense apontou para a marca do pênalti. Mais uma vez Rafael Moura pegou a bola, foi displicente para a bola e bateu longe do gol, desperdiçando seu terceiro pênalti na temporada.

Após o pênalti desperdiçado o atacante Rafael Moura nao se abateu e seguiu lutando, já no final da partida, o atacante roubou a bola do zagueiro do ABC, passou para Gabriel Pimba que serviu Wallyson, este não teve dó do seu ex-clube, arrumou o corpo e bateu de fora da área no canto direito do goleiro Ranieri para fechar o placar e garantir a classificação do Atlético para a próxima fase na Copa do Brasil.

Com a classificação garantida, o Atlético espera o sorteio na próxima sexta-feira na sede da CBF para saber se joga a primeira partida na Arena da Baixada ou em São Paulo, contra o Corinthians Paulista.

%ficha=700%



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

O que já sabíamos!

“Já se sabe que foi um erro o que aconteceu, os amistosos não terem acontecido, e não ter disputado o Estadual porque a preparação ficou…