24 maio 2009 - 18h38

Para Antonio Carlos, todos os jogadores são culpados

O zagueiro Antonio Carlos eximiu o goleiro Galatto da responsabilidade pela derrota para o Náutico na tarde deste domingo, na Arena da Baixada. Galatto errou em dois lances e permitiu o empate do Timbu. Depois, o adversário fez o terceiro gol e chegou à virada.

Era inevitável tratar do assunto durante a entrevista coletiva. Em sua primeira declaração, mesmo sem ter sido perguntado diretamente sobre Galatto, Antonio Carlos falou sobre o assunto. "Não tem nenhum culpado. Temos de levantar a cabeça porque o próximo jogo é mais difícil ainda", afirmou. "Em nenhum momento nós vamos acusar um jogador só. Para tomar gol, os caras têm de vir lá de trás com a bola e passar por vários", afirmou o zagueiro, claramente se referindo a Galatto.

O zagueiro pregou união e disse que o time precisa trabalhar para corrigir os erros. "O time precisa evoluir. A gente tem de acabar com esses erros o mais rápido possível", pregou Antonio Carlos, um dos jogadores mais experientes do grupo.

Durante a coletiva, ele também falou sobre um discurso que tem sido repetido para justificar as oscilações do time durante o campeonato: o time tem muitos jogadores novos e, por isso, perde o equilíbrio. Antonio Carlos rechaçou essa desculpa de forma veemente. "A gente não pode dizer que perdemos porque nossa equipe é jovem. São jogadores de qualidade, senão não estariam no elenco profissional. Não é porque a equipe é jovem que temos perdido jogos ou ganho jogos", afirmou ele, lembrando que no primeiro tempo a equipe venceu por 2 a 0, mesmo tendo jogadores jovens.

No final da entrevista, Antonio Carlos finalmente foi perguntado por um repórter especificamente sobre Galatto e declarou o seguinte: "Hoje muita gente vai falar que a culpa foi do Galatto, mas a verdade é que a culpa foi de todo mundo. Temos de dar força ao Galatto porque em outros momentos ele nos ajudou muito".



Últimas Notícias

Notícias

O Fanático paraguaio

Em 2010 o Athletico contratava um meia atacante paraguaio com pouca rodagem dentro de seu país e um currículo um pouco estranho. Iván González se…

Opinião

Um basta ao racismo

A Furacao.com, em nome de todos os seus colaboradores, vem a público manifestar o seu repúdio aos atos racistas cometidos por alguns torcedores na Arena…