31 maio 2009 - 15h48

Copa volta a Curitiba após 64 anos

Receber jogos da Copa do Mundo não será uma novidade para Curitiba. Assim como na Copa do Mundo de 2014, a capital paranaense já havia sediado jogos do Mundial na Copa de 1950, que foi disputada no Brasil. Naquele ano, apenas seis cidades brasileiras sediaram partidas da quarta edição da Copa do Mundo. Além de Curitiba, foram palco dos jogos as cidades do Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Porto Alegre e Recife.

Naquela época, o estádio indicado para receber os jogos da Copa em Curitiba foi o Durival de Britto e Silva, que pertencia ao Clube Atlético Ferroviário e que havia sido construído apenas três anos antes da Copa de 1950. Na época, o estádio era o quarto maior do país e recebeu dois jogos da primeira fase da competição: Espanha x Estados Unidos, pelo Grupo 2, e Paraguai x Suécia, pelo Grupo 3.

As partidas

O primeiro confronto foi entre a Fúria, apelido da seleção espanhola, e a seleção americana, repleta de estrangeiros. E foi justamente um português, chamado João Souza, que abriu o placar para os Estados Unidos, ainda no primeiro tempo. Só que na segunda etapa os espanhóis aproveitaram o melhor preparo físico e viraram o jogo. Basora, duas vezes, e Zarra marcaram os gols do time ibérico. Na segunda fase, a Espanha fez feio. A Fúria foi o pior time do quadrangular final, com um empate e duas derrotas. Já os Estados Unidos nem passaram de fase, mas mesmo assim conseguiram um resultado expressivo: vitória contra os ingleses, inventores do esporte.

Quatro dias depois, o Paraguai enfrentou a Suécia. O equilíbrio prevaleceu desde o início, tanto que a partida terminou empatada em 2 a 2. Os suecos chegaram a abrir dois gols de vantagem, mas o Paraguai descontou pouco depois. O time nórdico bem que tentou segurar o marcador, mas sucumbiu à pressão paraguaia. No último minuto de jogo César Lopez marcou o tento salvador. Apesar do empate, os suecos avançaram para o quadrangular decisivo, enquanto os paraguaios voltaram para casa mais cedo.

Fichas técnicas

Partida: Espanha 3 x 1 Estados Unidos
Data: 25 de julho de 1950
Horário: 15h
Local: Durival de Britto (Curitiba)
Público: 10.000
Árbitro: Mário Vianna (BRA);
Gols: João Souza (EUA) 17′ do 1º tempo;
Basora (ESP) 30′ e 33′ e Zarra (ESP) 40′ do 2º tempo

Partida: Paraguai 2 x 2 Suécia
Data: 29 de julho de 1950
Horário: 15h30min
Local: Durival de Britto (Curitiba)
Público: 8.000
Árbitro: Robert Mitchell (ESC)
Gols: Sundqvist (SUE) 24′, Palmer (SUE) 26′ e
Atílio López (PAR) 32′ do 1º; Cesar López (PAR) 44′ do 2º tempo



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Jogo da vida

Por curiosidade, fui verificar qual a possibilidade da queda do CAP para a segunda divisão, e apresentou 16.4%, preocupante em vista que estamos num bolo…

Fala, Atleticano

Flertando com a ZR

Como já disse, estou feliz por ser Bicampeão Sulamericano e estar na final do Copa do Brasil, mas, deste jeito não dá. Ontem mais uma…