20 jun 2009 - 19h26

Erro da arbitragem resultou no empate palmeirense

No jogo deste sábado, contra o Palmeiras, o principal adversário em campo para o Atlético foi o apito. A frase, repetida à exaustão pelos torcedores após o jogo, foi reflexo da desastrosa atuação do árbitro mineiro Alício Pena Junior. Ele foi o principal responsável pelo gol de empate do time paulista, aos 48 minutos da etapa final. Após a cobrança de escanteio, claramente dois jogadores palmeirenses cometem falta, dentro da área, no goleiro Vinicius, que saiu para tentar cortar o lance. No rebote, Keirrison empatou o jogo, levando vantagem sobre a falha decisiva do árbitro.

Alguns minutos antes, o árbitro cometeu um erro semelhante. Aos 46 minutos, em outra cobrança de escanteio, Vinicius também saiu para interceptar a jogada e sofreu a falta dentro da área. O árbitro não marcou a irregularidade e Ortigoza acertou o travessão.

Ao final do jogo, os jogadores do Atlético reclamaram muito do erro decisivo do árbitro. A torcida também protestou dirigindo gritos contra a atuação vergonhosa de Alício Pena Junior.



Últimas Notícias