22 jul 2009 - 17h35

Navarro Montoya se despede do futebol profissional

O veterano goleiro colombiano Navarro Montoya, que atuou pelo Furacão em 2006, despediu-se oficialmente do futebol profissional, aos 43 anos.

Navarro Montoya foi contratado pelo Atlético em junho de 2006 e rescindiu seu contrato em novembro do mesmo ano. Na época, sua contratação causou espanto na torcida porque Cléber atravessava grande fase e pelo fato de se tratar de um profissional muito experiente e que dificilmente aceitaria permanecer na reserva. O polêmico goleiro ficou no banco de reservas em algumas partidas e fez sua estréia no jogo contra o Santos, na Baixada, quando Cléber estava suspenso.

Depois disso, Navarro Montoya só voltou a jogar quando Cléber se lesionou. Ele foi titular nas partidas contra o Nacional, em Montevidéu (pela Copa Sul-Americana) e contra o Fortaleza, no Ceará. Sempre que Navarro jogou, o Atlético venceu. Ele sofreu cinco gols, mas deixou o clube invicto.

Montoya nasceu em Medellín (Colômbia), porém se profissionalizou e fez sucesso na Argentina. Ele começou no Velez Sarsfield, clube que defendia quando foi convocado pela Colômbia para as eliminatórias da Copa de 1986. Porém, Montoya atingiu a fama atuando pelo clube mais popular e vitorioso da Argentina, o Boca Juniors. No Boca, disputou 396 jogos. Atuou ainda por outras equipes como Independiente Santa Fé (Colômbia), Extremadura, Mérida, Tenerife (todos da Espanha), além dos argentinos Gimnasia de La Plata, Nueva Chicago e Olimpo de Bahía Blanca. Seu último clube foi o Tacuarembó, do Uruguai.



Últimas Notícias