26 jul 2009 - 8h28

Manchetes atleticanas deste domingo

Avaí estraga a festa atleticana para Alex Mineiro
Com uma equipe repleta de refugos que já atuaram no futebol paranaense – Marquinhos, Léo Gago, Caio, Eltinho e o próprio William –, o Avaí jogou com vontade, forte marcação e colocou o Furacão, temporariamente, na 18.º colocação. Ontem, Muriqui abriu o placar, William fez outros dois e Marcinho anotou o de honra para os donos da casa.

 

Atlético completa quatro jogos sem vencer
A equipe de Lemos falhou no posicionamento desde o início. Os laterais avançavam e não recebiam cobertura. Os zagueiros pareciam desorientados e cediam espaços. O resultado foi um massacre no primeiro tempo. O Avaí fez 1 a 0 aos nove minutos. William (ex-Coritiba e Santos) recebeu na meia-lua. Rafael Santos só olhou o atacante chutar. Galatto espalmou e Muriqui aproveitou o rebote.

 

Avaí derrota o Atlético-PR em plena Arena
Debaixo de chuva e frio, o Avaí mostrou um excelente futebol e, na base da forte marcação e velocidade, venceu o Atlético-PR por 3 a 1, na Arena, pela 14ª rodada do Brasileirão. Com a vitória, a quarta seguida, o time catarinense tem 19 pontos e ocupa o nono lugar. Já o Rubro-Negro permanece com 12 pontos, mas caiu para a 18ª colocação.

 

Ampliação da Are­na en­tra em fa­se de­ci­si­va
Duas pessoas ligadas ao Atlético disseram à reportagem da FOLHA que o caderno de encargos da Fifa foi alterado. Resta saber como essas alterações vão influenciar no projeto da Arena. Na entrevista de terça-feira, ao ser perguntado sobre a eventual necessidade de fechar o estádio para as obras e mandar os jogos do Atlético temporariamente em outro local, Malucelli deu a entender que o projeto pode ser alterado.



Últimas Notícias

Opinião|Sul-Americana

Libera a torcida!

Uma noite histórica em um jogo com um cardápio recheado de garra, luta, determinação, superação, entrega, guerra, -TIME DE GUERRA – sim não faltam adjetivos…