1 set 2009 - 21h39

Infraero afirma que tem recursos para a Copa 2014

O novo presidente da Infraero, Murilo Marques Barboza, afirma não ter nada contra a proposta de privatização da empresa, mas avisa: conta com recursos suficientes para deixar os aeroportos preparados para a Copa do Mundo. A empresa traçou um plano de investimento de R$ 5 bilhões nas cidades-sede dos jogos e promete entregar as últimas obras até o primeiro trimestre de 2014 – 90 a 120 dias antes do início do torneio. No cargo há menos de três semanas, Barboza espera a aprovação da Agência Nacional de Aviação Civil a um pedido de revisão geral das tarifas aeroportuárias para estimular a redistribuição de voos a aeroportos e horários considerados ociosos.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Jogo da vida

Por curiosidade, fui verificar qual a possibilidade da queda do CAP para a segunda divisão, e apresentou 16.4%, preocupante em vista que estamos num bolo…

Fala, Atleticano

Flertando com a ZR

Como já disse, estou feliz por ser Bicampeão Sulamericano e estar na final do Copa do Brasil, mas, deste jeito não dá. Ontem mais uma…