26 set 2010 - 18h49

Élder Granja: “Fora, o importante é somar pontos”

Os jogadores do Furacão foram unânimes sobre o empate por 1 a 1 com o Botafogo, na tarde deste domingo, no estádio do Engenhão. Para eles, o resultado foi bom por ser contra um concorrente direto na briga por uma vaga na Taça Libertadores, mas poderia ter sido melhor.

“Fora de casa, o importante é somar pontos, ainda mais com um concorrente direto. Em um jogo difícil, quando você tem a oportunidade, tem que colocar para dentro (do gol). Mas a equipe lutou do começo ao fim e foi premiada com o gol”, afirmou o lateral-direita Élder Granja, que entrou no lugar de Wagner Diniz no intervalo.

O capitão Paulo Baier, que substituiu o volante Chico na volta do intervalo, disse que o Atlético merecia a vitória. “Ainda bem que entrei no jogo. Pude contribuir com a minha qualidade no meio para a gente ter um pouco mais de posse de bola. Eu acho que é injusto o resultado. A gente conseguiu várias chances de gol. No segundo tempo, perdemos três chances claras. Lógico que somar um ponto é importante, mas poderiam ser três”.

O goleiro Neto, que disputou a primeira partida pelo Rubro-Negro após ser convocado para a Seleção Brasileira, concordou com os companheiros. “A gente teve um volume muito maior no segundo tempo. Tivemos muitas chances e acabamos perdendo porque não concluimos bem. Mas um ponto fora de casa é importante, ainda mais com um concorrente direto”.

O próximo compromisso do Rubro-Negro na competição é contra o Vitória, às 19h30 de quarta-feira, na Arena da Baixada.



Últimas Notícias

Sul-Americana

Caminhando pela América

Dentro de uma semana o Athletico volta a campo na primeira partida da equipe principal e num dos torneios cobiçados pelo clube na temporada: a…