1 out 2010 - 19h34

Comemoração de Rhodolfo chama a atenção da imprensa

A torcida atleticana já conhecia o estilo Rhodolfo de comemorar gols desde o Campeonato Paranaense. Quando ele deu uma pirueta pela primeira vez, a Furacao.com batizou o movimento de “Facão do Guile”.

Mas o feito do zagueiro só se tornou conhecido mundialmente nesta semana, quando ele executou a comemoração depois de marcar um gol contra o Vitória. O alcance do Campeonato Brasileiro é muito maior e o lance foi visto em todos os cantos do mundo. As notícias circularam pela Internet e os veículos reproduziram as imagens do jogador atleticano.

O blog do jornal Marca, um dos principais da Espanha, destacou a comemoração de Rhodolfo, comparando-a às cambalhotas do mexicano Hugo Sánchez, artilheiro de Real Madrid e Atlético de Madrid.

O jornalista espanhol chegou a dizer que Rhodolfo deixou Sánchez em segundo plano, em sua comemoração no estilo “Matrix”.

Sorry, Asprilla

No El Espectador, da Colômbia, a comemoração de Rhodolfo foi comparada a um movimento de capoeira. O site do jornal só pisou na bola ao identificar o jogador como “atacante”.

O Mirror Football, da Inglaterra, chamou a comemoração de Rhodolfo de “brilhante” e disse que ele ensinou ao irlandês Robbie Keane como se comemora um gol em grande estilo – o atacante, que hoje defende o Tottenham Hotspur, costuma dar uma estrela em suas comemorações.

O blog inglês Off the Post também lembrou outros jogadores que costumam comemorar gols com saltos mortais: o congolês LuaLua, o colombiano Asprilla e o citado Robbie Keane. Depois, afirma que Rhodolfo superou a todos e deseja que o jogador volte a marcar mais gols – apesar de cometer um equívoco ao afirmar que ele só fez três gols em sua carreira.

O feito de Rhodolfo chegou também à Polônia. O site Sportfan pede aos seus leitores que não tentem repetir a arriscada manobra “contorcionista” de Rhodolfo.



Últimas Notícias

Ao Sol e à Sombra

Gol de Matosas

É verdadeiramente impossível descrever o que se sente na primeira vez em que se entra em um estádio de futebol lotado, sobretudo quando se vive…

Brasileiro

Derrota em Porto Alegre

O Furacão fez boa partida, principalmente na primeira etapa, mas não reverteu em gols as chances e sofreu o castigo fatal aos 31 da etapa…

Ao Sol e à Sombra

Alex Mineiro

Parecia o caso de um jogador que seria lembrado como coadjuvante de uma equipe imparável. Um carregador de piano, invisível aos olhos dos leigos, que…