2 out 2010 - 21h54

Jogadores confiam na classificação para a Libertadores

O empate com o Cruzeiro manteve o Furacão 6 pontos atrás do G3. Agora, o Atlético tem 42 pontos e o terceiro colocado, que é o próprio time mineiro, foi para 48.

Faltam 11 rodadas e o Rubro-Negro precisa de aproximadamente 25 pontos para terminar no grupo dos três melhores. O lateral Paulinho disse que isso é possível. “O Cruzeiro tem muita qualidade, mas jogamos de igual para igual. Isso mostra o que o Atlético quer buscar lá na frente: a Libertadores e, quem sabe, ser campeão. Não é impossível”.

O meia Branquinho adotou discurso semelhante. “O jogo foi equilibrado. A equipe está de parabéns. É difícil jogar aqui. Quem quer jogar Libertadores não pode perder chances assim… Mas estamos na briga ainda”, concluiu.

Na próxima rodada, o Furacão recebe o Vasco na Arena da Baixada. O jogo está marcado para 21h50 de quarta-feira. Se o Atlético vencer, pode se aproximar da Raposa, que no dia seguinte enfrenta o Goiás no Serra Dourada.



Últimas Notícias

Ao Sol e à Sombra

Gol de Matosas

É verdadeiramente impossível descrever o que se sente na primeira vez em que se entra em um estádio de futebol lotado, sobretudo quando se vive…

Brasileiro

Derrota em Porto Alegre

O Furacão fez boa partida, principalmente na primeira etapa, mas não reverteu em gols as chances e sofreu o castigo fatal aos 31 da etapa…

Ao Sol e à Sombra

Alex Mineiro

Parecia o caso de um jogador que seria lembrado como coadjuvante de uma equipe imparável. Um carregador de piano, invisível aos olhos dos leigos, que…