7 out 2010 - 16h00

Furacão tem quatro desfalques para sábado

O técnico do Furacão, Sérgio Soares, tem quatro desfalques confirmados e duas dúvidas para encarar o Santos, às 18h30 de sábado, na Vila Belmiro, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O goleiro Neto segue com a Seleção Brasileira e o meia-atacante Guerrón, com a equatoriana. Eles, que já não atuaram no empate com o Vasco, voltam ao time contra o Goiás, no outro fim de semana. Também é desfalque o volante Vitor, vetado pelo Departamento Médico rubro-negro.

Além deles, o atacante Maikon Leite não pode atuar diante do Peixe por ter recebido o terceiro cartão amarelo na quarta-feira e por um cláusula no contrato que o impede de enfrentar a equipe paulista.

O meia Branquinho sentiu dores na panturrilha e não jogou contra o Vasco. Ele será reavaliado e ainda é dúvida para sábado. Outro que pode ser desfalque é o capitão Paulo Baier. Pela sequência de partidas, Sérgio Soares falou que o meia pode ser poupado.

“Se houver a necessidade, sim. O Paulo correu muito hoje (na quarta-feira) e nós temos um jogo daqui a três dias. Vamos ver como ele evolui na recuperação, até porque é um atleta que tem um pouco mais de idade. Então, a recuperação dele é um pouco mais lenta. Se ele não estiver recuperado para o jogo de sábado, com certeza será poupado porque nós precisamos do Paulo 100%”.

Por outro lado, o treinador conta com o atacante Bruno Mineiro, que cumpriu suspensão e pode voltar ao time. Por fim, Sérgio explicou o que o Furacão precisa fazer para conquistar os três pontos no litoral paulista. “Nós vamos jogar com um adversário que vai jogar. Dentro da Vila, o Santos joga. Vai ser diferente do jogo truncado (como foi com o Vasco) e nós podemos aproveitar a velocidade dos nossos jogadores para podermos surpreender dentro da Vila Belmiro”, concluiu.



Últimas Notícias

Ao Sol e à Sombra

Gol de Matosas

É verdadeiramente impossível descrever o que se sente na primeira vez em que se entra em um estádio de futebol lotado, sobretudo quando se vive…

Brasileiro

Derrota em Porto Alegre

O Furacão fez boa partida, principalmente na primeira etapa, mas não reverteu em gols as chances e sofreu o castigo fatal aos 31 da etapa…

Ao Sol e à Sombra

Alex Mineiro

Parecia o caso de um jogador que seria lembrado como coadjuvante de uma equipe imparável. Um carregador de piano, invisível aos olhos dos leigos, que…