13 out 2010 - 18h42

Comitê dá ultimato e vai revisar obras no Beira-Rio

A Copa do Mundo de 2014 não está garantida no estádio Beira-Rio. O Comitê Organizador Local (LOC) exigiu, em reunião com dirigentes do Inter nesta quarta, uma mudança no projeto de reforma da casa colorada e a apresentação de novas garantias bancárias. A Fifa encaminhará um grupo de especialistas para Porto Alegre na próxima semana afim de averiguar as condições de mudança no plano original. Ações que confirmam a pressão, estabelecida nas últimas semanas, para que o clube feche parceria com empreiteira.

O encontro realizado teve a presença do vice de finanças do Inter, Pedro Affatato e do secretario adjunto da Secretaria Extraordinária da Copa 2014, Luis Fernando Krieger. “O Inter recebeu um novo prazo para apresentar garantias financeiras maiores. Terá até dezembro”, disse o secretário extraordinário da Copa de 2014-RS, Eduardo Antonini, à reportagem do UOL Esporte.

“Está claro que as atuais garantias não são suficientes. Mas tudo está nas mãos do Inter ainda”, comentou Antonini. Atualmente, o clube gaúcho dispõe de cerca de 25 milhões de reais pela venda do antigo estádio dos Eucaliptos. Os demais recursos seriam oriundos da venda antecipada de camarotes e suítes para os próximos 10 anos. Ao todo, nos cálculos vermelhos, a obra custaria 150 milhões de reais. Valores que não foram aceitos pela Fifa através do Comitê Organizador Local da Copa do Mundo.

A entidade sugere aos gaúchos a contratação de uma empreiteira. Fato que aumentaria os custos. De quebra, um novo encontro será realizado, em Porto Alegre, para discutir questões técnicas. “Na próxima semana haverá outra reunião de quesitos técnicos. O rebaixamento do gramado e a tentativa de acordo para ajuste no projeto técnico estarão na pauta”, explicou Antonini. O LOC deseja alterar diretrizes do chamado “Projeto Gigante para Sempre”, que teve início recentemente com a instalação das estruturas para cobertura do estádio.

“Se o Inter fizer os ajustes no projeto técnico e conseguir as garantias para apresentar até dezembro vai sediar a Copa”, tranqüilizou o secretario. “Não foi um encontro ruim ou bom, apenas esclarecedor e com exigências”, completou.



Últimas Notícias

Notícias

Já faz um ano….

Neste dia 04 de março faz exatamente um ano que o torcedor atleticano viu o Furacão de perto, ao vivo e em cores dentro da…