14 out 2010 - 12h35

Só sete jogadores têm mais de 50 jogos pelo Furacão

Dos 32 jogadores que estão à disposição do técnico Sérgio Soares, apenas sete jogadores possuem mais de 50 jogos com a camisa do Furacão. São eles: Rhodolfo, Netinho, Chico, Márcio Azevedo, Manoel, Paulo Baier e Neto.

A razão de poucos jogadores com mais de 50 partidas pelo Furacão é uma “renovação” do elenco na temporada 2010. Alguns jogadores com muitas participações pelo Furacão deixaram o elenco durante a temporada passada e até mesmo durante o ano de 2010. Desta lista, fazem parte jogadores que participaram do último Campeonato Brasileiro, como Nei, Renan, Wallyson, Rafael Moura e Alberto. O ídolo Alex Mineiro, com mais de 150 jogos pelo Furacão, teve seu contrato rescindido em setembro deste ano.

Dois jogadores do atual elenco ainda não estrearam com a camisa do Furacão: o goleiro Santos, destaque nos times de base do Atlético, e o zagueiro Raul, recém contratado por empréstimo junto ao Remo.

Caso participe de sete dos nove jogos que ainda restam ao Furacão neste Campeonato Brasileiro, o atacante Bruno Mineiro também fará parte do seleto grupo de jogadores com 50 jogos ou mais pelo Furacão.

Confira abaixo o número de jogos oficiais de todos os jogadores do atual elenco atleticano:

Rhodolfo – 165
Netinho – 140
Chico – 139
Márcio Azevedo – 88
Manoel – 77
Paulo Baier – 67
Neto – 53
Bruno Mineiro – 43
Claiton – 35
Branquinho – 26
Bruno Costa – 25
Alex Fraga – 24
Wagner Diniz – 21
Paulinho – 21
Marcelo – 21
Maikon Leite – 19
Deivid – 18
Rafael Santos – 17
Vitor – 14
Guerrón – 13
Leandro – 12
Olberdam – 9
Ivan Gonzalez – 9
Élder Granja – 7
Nieto – 7
Thiago Santos – 7
João Carlos – 5
Héracles – 4
Mithyuê – 3
Eli Sabiá – 2
Santos – 0
Raul Michel – 0



Últimas Notícias

Ao Sol e à Sombra

Gol de Matosas

É verdadeiramente impossível descrever o que se sente na primeira vez em que se entra em um estádio de futebol lotado, sobretudo quando se vive…

Brasileiro

Derrota em Porto Alegre

O Furacão fez boa partida, principalmente na primeira etapa, mas não reverteu em gols as chances e sofreu o castigo fatal aos 31 da etapa…