18 out 2010 - 18h26

Conmebol decide pela volta do G4

A Conmebol decidiu nesta segunda-feira devolver uma vaga brasileira na Taça Libertadores de 2011. Dessa forma, os quatro primeiros colocados do campeonato nacional disputarão a competição no ano que vem.

Como o Santos (campeão da Copa do Brasil e atual quarto colocado) e o Internacional (que venceu a Libertadores-2010 e está em quinto) já têm vaga garantida, o sexto colocado – que hoje é o Furacão – disputará a competição continental.

Polêmica

O regulamento do Campeonato Brasileiro previa que os quatro melhores classificados teriam o direito de disputar a Libertadores da América de 2011.

Há um mês, a Conmebol anunciou a decisão de mudar as regras do jogo. Pelo novo critério da entidade, o time campeão da Libertadores ocuparia uma das vagas originalmente destinadas ao seu país. Como o Inter foi o campeão, apenas os três melhores colocados do Brasileiro iriam se classificar para a Libertadores 2011.

Houve muita reclamação dos brasileiros. Dirigentes de clubes que estão disputando as primeiras colocações do campeonato se manifestaram indignados com a decisão. A CBF também questionou a decisão da Conmebol.

Risco

Há um risco de o quarto melhor colocado no Brasileiro (excluído Santos e Inter, já classificados) ficar de fora da Libertadores. Isso acontecerá caso um brasileiro vença a Copa Sul-Americana. Palmeiras, Atlético-MG, Avaí e Goiás estão na disputa. Se um deles for campeão, o quarto melhor do Brasileirão não jogará a Libertadores.



Últimas Notícias

Ao Sol e à Sombra

Gol de Matosas

É verdadeiramente impossível descrever o que se sente na primeira vez em que se entra em um estádio de futebol lotado, sobretudo quando se vive…

Brasileiro

Derrota em Porto Alegre

O Furacão fez boa partida, principalmente na primeira etapa, mas não reverteu em gols as chances e sofreu o castigo fatal aos 31 da etapa…

Ao Sol e à Sombra

Alex Mineiro

Parecia o caso de um jogador que seria lembrado como coadjuvante de uma equipe imparável. Um carregador de piano, invisível aos olhos dos leigos, que…