24 out 2010 - 18h36

Ocimar: “O pênalti no Guerrón foi escandaloso”

O diretor de futebol, Ocimar Bolicenho, criticou a arbitragem de Wilson Luiz Seneme, que “roubou” o Furacão neste domingo, no empate por 2 a 2 com o Fluminense, na Arena da Baixada, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro.

“Eu não quero dizer se foi pênalti no Tartá ou não – até acho que pode ter sido. Mas o pênalti no Guerrón foi escandaloso. Eu cheguei a ver na reprise e o jogador (do Fluminense) nem chegou perto da bola, ele simplesmente ‘tirou’ o pé do Guerrón”.

Ocimar lembrou que Seneme já havia prejudicado o Rubro-Negro, inclusive neste Brasileirão. Ele apitou a derrota por 2 a 0 para o Cruzeiro e, entre outros erros, anulou um gol legal do Atlético. “Não é a primeira vez que o Seneme rouba o Atlético. Então vamos fazer aquilo que está ao nosso alcance, que é uma representação junto à CBF, colocar o DVD do jogo. O que nós já fizemos outras vezes e tivemos o desprazer de ver ele fazer toda essa lambança aqui”.

O diretor de futebol falou ainda que o Furacão fez uma boa partida, mas jogou contra 12. “É muito difícil você jogar contra um time categorizado como o Fluminense e mais contra o árbitro. O Atlético fez uma grande partida, por duas vezes esteve na frente… Eu estou aqui fora para poder respirar um pouco e poder entender por que essas coisas ainda acontecem no futebol brasileiro”, concluiu.



Últimas Notícias

Ao Sol e à Sombra

Gol de Matosas

É verdadeiramente impossível descrever o que se sente na primeira vez em que se entra em um estádio de futebol lotado, sobretudo quando se vive…

Brasileiro

Derrota em Porto Alegre

O Furacão fez boa partida, principalmente na primeira etapa, mas não reverteu em gols as chances e sofreu o castigo fatal aos 31 da etapa…

Ao Sol e à Sombra

Alex Mineiro

Parecia o caso de um jogador que seria lembrado como coadjuvante de uma equipe imparável. Um carregador de piano, invisível aos olhos dos leigos, que…