9 dez 2010 - 19h04

Madson, Henan e Marcos Pimentel são confirmados

O Atlético confirmou a vinda do lateral-direita Marcos Pimentel, do meia Madson e do atacante Henan. Os três jogadores passaram por exames no CT do Caju nesta quinta-feira. Segundo o site oficial, eles serão apresentados nesta sexta, às 16h, na Sala de Imprensa da Arena.

Marcos, Madson e Henan são os três primeiros reforços do Rubro-Negro para a temporada de 2011.

Madson

O meia Madson é o principal reforço dos três anunciados até agora. Ele começou nas divisões de base do Volta Redonda e foi para o Vasco. Em 2007, foi emprestado para o Duque de Caxias. No ano seguinte, para o América-RN. Madson voltou para o clube cruzmaltino onde, em 2008, foi o destaque do time, mesmo com o rebaixamento para a Série B. Em 2009, o jogador de 24 anos se transferiu para o Santos. Este ano, foi campeão do Campeonato Paulista e da Copa do Brasil. Porém, perdeu espaço após protagonizar problemas fora das quatro linhas.

Ele fica no Furacão, por empréstimo, até dezembro de 2011. Segundo o site oficial do Peixe, o Rubro-Negro arcará com a totalidade dos salários do jogador e terá a opção de adquirir 50% de seus direitos econômicos por US$ 1 milhão (cerca de R$ 1,7 milhão).

Henan

Atacante de 23 anos, Henan jogou pela União Barbarense, clube em que começou a carreira em 2005. De lá, foi para o Lugano, da Suíça. O jogador voltou para o Brasil em 2008. No Bragantino, não se firmou como titular e marcou apenas dois gols. Como era pouco utilizado, transferiu-se para o SEV Hortolândia. O último clube dele foi o Red Bull. Em 2010, conquistou a Série A3 do Paulistão e foi vice da Copa Paulista, campeonatos em que marcou 30 gols.

Marcos Pimentel

Mais experiente dos três reforços, o lateral-direita Marcos Pimentel tem 27 anos. Ele começou a carreira no Icasa e passou por Ferroviária e Treze antes de chegar ao Ceará. Em 2008, o lateral foi para o Grêmio Barueri (atual Prudente). No ano seguinte, o clube conquistou o acesso para a Série A do Brasileirão. No início deste ano, transferiu-se para o Vitória, onde conquistou o único título na carreira: o Campeonato Baiano. Pouco aproveitado, em maio foi dispensado e voltou para o Vozão. Na equipe cearense, também atuou pouco – disputou apenas um jogo do nacional.



Últimas Notícias

Notícia

Deu tela azul, no Azuriz

Pela sexta rodada do Campeonato Paranaense o Athletico recebeu o Azuriz. E desde o início demonstrou que está em franca evolução. Já aos 4 minutos,…

Torcida

Uma nova Aurora para o Furacão

A partida entre Athletico e Maringá realizada no último sábado, na Arena da Baixada, pela 3ª rodada do Campeonato Paranaense, foi um marco na vida…