24 fev 2013 - 18h01

Léo foi expulso ainda na primeira etapa

A adversidade no placar também mexeu com os nervos da equipe rubro-negra. Minutos depois de sofrer o segundo gol, o goleiro Santos saiu rasgando em uma dividida com Gil e acabou deixando o atleta coxa-branca no chão. O árbitro marcou falta para o Atlético, o que revoltou o atacante Deivid, que foi tirar satisfações.

Na confusão, Léo e Deivid trocaram empurrões e acabaram expulsos, aos 35 minutos da primeira etapa.

Com a expulsão de Léo, o técnico Arthur Bernardes decidiu mexer na equipe, tirando Harrison para a entrada de Renato.



Últimas Notícias

Libertadores

Vamos, oh meu Furacão

Os pouco mais de 1.800 km que separam Curitiba de La Plata começaram a ser enfrentados por centenas de atleticanos desde o último fim de…