10 maio 2013 - 17h49

Há quatro anos na equipe, Bruno Costa quer 1º título

No próximo domingo, 12, todas as atenções estarão voltadas para o estádio Couto Pereira, onde acontece a final do Campeonato Paranaense 2013. Coritiba e Atlético Paranaense fazem o segundo jogo da decisão, após um empate em 2 a 2 na semana passada. Para conquistar o título, uma vitória simples basta ao Furacão, que quer deixar a casa do adversário com o troféu.

Para o zagueiro Bruno Costa, a possível conquista pode ser especial. Há quase dez anos no clube, o zagueiro conquistou vários títulos nas categorias de base, mas como jogador profissional, este será seu primeiro. “Estou no time principal desde 2009 e ainda não senti esse gostinho. Espero que neste domingo a equipe consiga encaixar o jogo que esperamos e possamos comemorar ao final do jogo”, comentou o jogador.

A prévia de um possível título veio na partida contra o Operário, a última do segundo turno, quando o Rubro-negro conquistou a vaga à final do Estadual. “Ali foi importante para a equipe ganhar moral para jogar essa final, mas o que vale mesmo é o resultado de domingo e é somente nisso que estamos focados”, completou.

E mesmo com o visível crescimento e amadurecimento do time ao longo da competição, Bruno Costa sabe que uma final contra o rival deixa qualquer número, tabu ou resultado anterior fora das quatro linhas. “Lá dentro de campo a história muda e tudo pode acontecer, independente do que houve no restante da competição. Um Atletiba é sempre carregado de responsabilidade e todo mundo joga pensando apenas na vitória”.

Mas para que a vitória aconteça, o defensor pede calma e cautela aos companheiros, pois sabe da força do Coritiba jogando em seu estádio. “Eles terão apoio do torcedor, que deve encher o estádio, e devem usar isso. Por isso nós precisamos ter calma para administrar a partida e buscar o único resultado que nos interessa, que é a vitória”, finalizou o jogador.



Últimas Notícias

Brasileiro

Mais do mesmo

Pela rodada 18 do Brasileirão, em Bragança Paulista, Bragantino 1 x 0 Athletico. Em mais uma jornada com a horrenda camisa amarela, o Athletico precisava…

Sul-Americana

Tá ruim mas tá bom

Pela repescagem (ou playoff) da Sul-Americana, no Paraguai, Cerro Porteño 1 x 1 Athletico. No segundo jogo de Martin Varini no comando técnico do Athletico,…