13 ago 2013 - 15h49

Veja a situação dos jogadores que atuaram no Sub-23

Em 2013, o Furacão inovou e colocou sua equipe Sub-23 para atuar no Campeonato Paranaense. Em uma campanha com altos e baixos, conseguiu sagrar-se campeão do segundo turno, porém, caiu na grande final após um empate em casa com o Coritiba (2×2 – gol de Hernani e um gol contra de Patric) e uma derrota nos domínios do rival (3×1 – gol de Hernani).

Dos jogadores que atuaram pela equipe Sub-23, apenas cinco estão na equipe principal do Furacão que atua no Campeonato Brasileiro Série A. Trata-se de Léo (lateral-direita titular), Zezinho (volante titular), Santos (goleiro reserva), Douglas Coutinho (atacante reserva, mas se recuperando de uma fissura no osso da bacia) e Rafael Zuchi (zagueiro reserva, em recuperação de uma lesão no joelho). Coutinho deve voltar a jogar em setembro, enquanto Zuchi só volta em 2014.

Os demais jogadores estão emprestados, como são os casos de Bruno Costa, zagueiro titular em quase toda a campanha no Paranaense, que se encontra como reserva no Joinville, ao lado de Edigar Junio, atacante que está sendo titular com Ricardo Drubscky, também ex-técnico do Furacão.

Renan Foguinho foi emprestado ao Atlético-GO e vem jogando como titular, assim como Héracles, lateral-esquerda emprestado ao Avaí, que alterna a reserva e a titularidade. Também em Santa Catarina encontram-se Pablo e Ricardinho, ambos emprestados ao Figueirense, que briga pelo acesso à primeira divisão nacional.

Juntamente com Douglas Coutinho, Hernani foi um jogador que ganhou holofotes na disputa do Campeonato Paranaense. Porém, continua treinando com o Sub-23, inclusive jogando os amistosos marcados para a equipe.

Outo jogador que também empolgou a torcida com seu início, o atacante Crislan ainda não tem futuro definido. Informações apuradas dão conta de que o jogador já recebeu diversas propostas de clubes da Série B e seu futuro no Furacão está indefinido.

Por fim, o técnico Arthur Bernardes segue treinando a equipe Sub-23 do Furacão, que conta com uma escalação muito diferente da vista pela nação atleticana no Campeonato Paranaense de 2013. Caso o Atlético opte novamente pela manutenção desta equipe no Campeonato Paranaense, o técnico deve ser novamente o escolhido para comandar os garotos do Furacão.



Últimas Notícias

Brasileiro

Empate com gosto amargo

Na última partida do domingo (18), Athletico e Cuiabá se enfrentaram pela 27ª rodada do Brasileirão no Joaquim Américo diante de pouco mais de 17…