16 out 2013 - 8h47

Confira a análise tática do Atlético-MG

Na noite desta quarta-feira, o Furacão entra em campo para enfrentar o Atlético-MG. Comandado pelo rubro-negro declarado Cuca, o Galo terá 11 desfalques para o duelo na Vila Capanema. Os dois times vivem bons momentos na Série A do Campeonato Brasileiro 2013. Enquanto o Furacão ocupa a quarta colocação na tabela de classificação e sonha com a vaga na próxima edição da Taça Libertadores da América, o Galo ocupa a quinta colocação, seis pontos atrás do time rubro-negro.

O Atlético-MG vem embalado pela vitória no último final de semana, quando venceu o rival e líder Cruzeiro, por 1 a 0. O atual campeão da Libertadores da América entra nesta reta final do Campeonato Brasileiro visando a preparação para o Mundial de Clubes, que será disputado no Marrocos neste ano. O treinador terá que escalar o time com diversas alterações, já que não conta com o goleiro Victor e o atacante Jô, que estavam servindo o selecionado brasileiro. Além deles, o zagueiro Leonardo Silva e o volante Pierre estão suspensos pelo terceiro cartão amarelo, recebido na partida diante do Cruzeiro. Cuca ainda não poderá contar com o lateral-direita Michel, o lateral-esquerda Richarlyson, o zagueiro Réver, o volante Gilberto Silva, os meias Ronaldinho Gaúcho e Dátolo e também atacante Guilherme, todos vetados pelo departamento médico alvinegro.

Mesmo com todos estes desfalques, o Galo tem jogadores de muita qualidade no elenco e deverá entrar na Vila Capanema para jogar no 4-3-3, com Leandro Donizete jogando mais recuado, Josué atuando pelo lado direito da meia cancha e Luan pelo lado oposto. No comando de ataque, Diego Tardelli deve jogar pela ponta direita e Fernandinho atuará pela esquerda, com Alecsandro atuando como homem de referência.

Pelo lado do Furacão, Vagner Mancini não poderá contar com três jogadores. O zagueiro Luiz Alberto cumpre a suspensão automática pelo terceiro cartão amarelo, recebido na vitória diante da Portuguesa. Além do zagueiro, o atacante Dellatorre e o lateral-esquerda Willian Rocha estão no departamento médico rubro-negro. O Rubro-Negro jogará em busca da vitória, para quem sabe fechar a rodada na segunda colocação da tabela de classificação e também quem espera poder marcar um gol é o maestro Paulo Baier, que busca o seu centésimo gol na era dos pontos corridos do Campeonato Brasileiro.

Escalações

Atlético-PR*: Weverton; Léo, Manoel, Dráusio e Pedro Botelho; Bruno Silva, João Paulo, Paulo Baier e Everton; Marcelo e Éderson.

Atlético-MG*: Giovanni; Marcos Rocha, Jemerson, Emerson e Junior César; Leandro Donizete, Josué e Luan; Diego Tardelli, Fernandinho e Alecsandro.

* Escalações não foram confirmadas pelos técnicos.

Fique de olho: Na velocidade do setor ofensivo do Galo. Mesmo tendo Alecsandro como homem de referência, o time mineiro joga em altíssima velocidade, explorando Luan, Diego Tardelli, Fernandinho e as subidas frequentes dos laterais, principalmente com Marcos Rocha, que além da qualidade no passe e cruzamento, tem um ótimo arremate de média e longa distância.

Caminho da vitória: Aproveitar o desentrosamento da zaga, que não conta com Réver e Leonardo Silva. A velocidade em cima dos dois zagueiros do Galo será fundamental para a vitória, além de Pedro Botelho conseguir aproveitar os espaços deixados por Marcos Rocha. A agilidade na troca de passes será importante, pois o volante Leandro Donizete exerce esta função com muita propriedade, além de Josué, que é o segundo jogador mais eficiente neste fundamento, com 66 roubadas de bola em todo o Brasileirão.



Últimas Notícias

Brasileiro

Desastre aéreo no Maracanã

O Athletico foi massacrado pelo Flamengo, que impôs 5 a 0, ao natural, nesse domingo(14), diante de 62 mil pessoas, no Maracanã, pela 22ª rodada…