18 jan 2014 - 18h57

Empate sem gols na estreia do Estadual 2014

O Furacão foi até a cidade de Prudentópolis na tarde deste domingo (18) para enfrentar a equipe da casa, na abertura do Campeonato Paranaense de 2014. A partida, que terminou em 0 a 0, marcou a estreia do técnico Dejan Petkovic no comando técnico da equipe Sub-23 atleticana.

Primeiro tempo: Furacão começou melhor, mas Prudentópolis foi ligeiramente superior.

A primeira grande chance da partida foi do Atlético, aos sete minutos. Otávio iniciou boa jogada, que passou por Marcos Guilherme e Douglas Coutinho, que devolveu para o próprio Otávio, de frente para o gol, finalizar. Bem colocado, Marcos Paulo espalmou para fora e salvou a equipe do Prudentópolis.

A equipe da casa respondeu aos 12, com Thiago Henrique. O atacante foi lançado dentro da área e saiu na cara do goleiro Rodolfo, mas o arqueiro rubro-negro estava atento e praticou a defesa.
A partir dos 15 minutos, o Prudentópolis passou a dominar as ações do jogo. Aos 17, Thiago Henrique fez grande jogada, limpou a marcação de três defensores atleticanos e chutou para o gol. Rodolfo espalmou e afastou o perigo da área. Quatro minutos depois foi a vez de Luciano cabecear com perigo, exigindo difícil defesa do arqueiro atleticano.

Pelo lado do Furacão, o principal responsável por armar as jogadas, Marcos Guilherme, sofria com a forte marcação do adversário e não criava jogadas insinuantes para o ataque vermelho e preto. Somente aos 30 minutos o Atlético voltou a assustar a meta defendida pelo Prudentópolis. Sidcley fez boa jogada, invadiu a área e chutou. Bem colocado, Marcos Paulo tocou para fora.

O terceiro terço do primeiro tempo teve ambas as equipes diminuindo o ritmo, devido ao forte calor e sem criar boas chances de gol como nos dois terços anteriores.

Segundo tempo: Atlético começa bem, mas novamente cai de produção.

A segunda etapa começou com uma alteração no time da casa. Luciano saiu no intervalo para a entrada de Cabixi. O Furacão, do técnico Petkovic, voltou sem alterações.

Thiaguinho, um dos melhores do Prudentópolis, foi o responsável por tirar o primeiro “uh” da torcida local na segunda etapa. Aos dois minutos, o jogador chutou com perigo e a bola passou rente á trave de Rodolfo.

Uma das principais apostas do Atlético para o Paranaense, Douglas Coutinho ia fazendo boa jogada pela ponta, aos 10, mas na hora de cruzar pegou muito mal e desperdiçou bom lance. Cinco minutos depois, Marcos Guilherme teve uma grande chance para abrir o placar. O meia atleticano recebeu na área e chutou cruzado. Marcos Paulo espalmou para escanteio e manteve o zero no placar.

O Prudentópolis respondeu aos 17 e aos 22 minutos. Primeiro, Marquinhos chutou forte, no canto direito de Rodolfo e o goleiro fez boa defesa. Cinco minutos depois, o arqueiro rubro-negro saiu mal em um cruzamento e Bruno Guerreiro cabeceou na trave, mas Rodolfo conseguiu se recuperar e praticar a defesa no rebote do time da casa.

Aproveitando o bom momento, a equipe da casa seguia tentanto abrir o placar, ora com Wellington, ora com Thiaguinho. O Atlético, assim como no primeiro tempo, passou a ser dominado na segunda metade da etapa complementar e não conseguia criar boas jogadas.

Tentando mudar a dinâmica do jogo, Petkovic trocou Sidcley, Douglas Coutinho e Marcos Guilherme por Bruno Furlan – que voltou a atuar após um ano e meio parado -, Guilherme e Gustavo, respectivamente, no decorrer da segunda etapa, mas a equipe não melhorou e seguiu sem assustar o goleiro Marcos Paulo. O Prudentópolis, por sua vez, apoiados pela torcida, seguia na pressão mas não conseguiu tirar o zero do placar e a primeira partida do certame estadual terminou com o empate sem gols.

%ficha=1023%



Últimas Notícias