21 jan 2014 - 9h45

Novo reforço, Sueliton joga como lateral moderno

Natural de Vitória de Santo Anão (PE), o novo contratado do Atlético tem 27 anos e é lateral-direita. Sueliton Pereira de Aguiar começou a sua carreira profissional, em 2008, na Associação Acadêmica e Desportiva Vitória das Tabocas, mais conhecida por "Acadêmica Vitória" ou "Vitória das Tabocas".

Em seguida, Sueliton jogou no Sergipe, Porto de Caruaru e, novamente, na Acadêmica Vitória, mas sem grande destaque. Em 2010, o novo lateral direita do Atlético voltou ao seu clube de formação, mas terminou o ano no ABC-RN e como campeão da Série C. Sueliton jogou somente quatro partidas na campanha do título da Terceirona, uma delas o jogo do título, contra o Ituiutaba.

Após conquistar o título da Série C pelo ABC-RN, Sueliton desembarcou em 2011 no Rio Grande do Sul para jogar no São José. Apesar de não ter conseguido vencer o campeonato gaúcho, o lateral conseguiu destaque suficiente para se transferir para a Espanha em junho do mesmo ano e assinou contrato com o Rayo Vallecano.

Em seu novo clube, o ala sofreu no primeiro ano no clube espanhol. De junho de 2011 até o fim da temporada, Sueliton só jogou uma partida,durante a Copa do Rey da Espanha. A dificuldade em atuar no novo time era influenciada pelo seu estilo de jogo ofensivo, segundo o jogador em declaração ao Blog do Torcedor da UOL.

“Eu só joguei uma partida na Copa do Rey. Fiquei fora da pré-temporada por questão de documentação. O titular assumiu e tomou conta da posição. Eu fui para no banco em diversos jogos. Mas o primeiro ano é assim, como todos os brasileiros que eu conheci aqui me dizem. É complicado para um lateral brasileiro, ofensivo, se adaptar ao futebol espanhol. Diferente demais. Saí do Brasil como ala e tive que virar um zagueiro. (…) Eu, quando cheguei aqui, achavam que eu era "banda", o jogador que fica na ponta no 4-3-3. Aqui, lateral é zagueiro e, quando vai, tem que voltar. É muito diferente do Brasil", disse.

Entretanto, ao mesmo tempo em que sentia dificuldade na adaptação ao estilo espanhol de jogar, Sueliton se inspirava em Daniel Alves e a história da carreira do lateral-direita da Seleção Brasileira. “Ele (Daniel Alves) esteve no Sevilla, chegou aqui e, no primeiro ano, não teve tantas oportunidades. Jogava Copa do Rey. Isso, quando o melhor do mundo fala para você, você tem que trabalhar e aceitar que é isso mesmo. O que mais ele fez aqui foi nunca baixar a guarda e trabalhar, trabalhar. A gente que chega aqui tem que aprender muito até pela questão de marcação", avaliou ao blog.

Apesar de se inspirar na história de Daniel Alves no futebol espanhol, Sueliton acabou voltando para jogar no Criciúma no começo de 2013. Já que pelos 18 meses em que esteve no Rayo Vallecano, o lateral-direita acabou jogando só algumas partidas na Copa do Rey na temporada 2011/12.

Já no Criciúma, Sueliton venceu o Campeonato Catarinense de 2013 e teve grande destaque nacional no Tigre no Campeonato Brasileiro. No campeonato nacional, o jogador fez dois gols, três assistências e 25 finalizações, mostrando assim que a sua ofensividade não diminuiu. No mesmo campeonato, Sueliton se destacou nas estatísticas de desarmes e cruzamentos certos em relação aos seus companheiros do Criciúma. O lateral-direita foi o primeiro do time que mais desarmou (68) e o terceiro que mais acertou cruzamentos (19).

Perfil tático

Sueliton é um lateral-direita ofensivo, porém, a sua passagem no Rayo Vallecano fez o jogador aprender a defender melhor. Tanto que em seu clube seguinte, ele foi o jogador do time que mais desarmou no Campeonato Brasileiro e, assim, ganhou grande destaque nacionalmente. Este destaque no Brasil tão importante para Sueliton, que em durante toda a sua carreira profissional de seis anos, ele nunca havia alcançado tanta reputação.

Com o bom poder ofensivo e sem perder o lado defensivo, o novo lateral-direita rubro-negro dá a opção à Miguel Portugal de jogar na lateral direita e, até mesmo, na direita no meio de campo do 4-4-2 em linha.

Sueliton como lateral-direita no 4-3-3 de base alta [arte: Caio Gondo]

Suelliton na direita do meio de campo do 4-4-2 em linha e, assim, liberando Marcelo de qualquer ação defensiva [arte: Caio Gondo]



Últimas Notícias