23 maio 2014 - 10h06

Atlético teria pedido R$ 18 milhões por Manoel

Na busca por reforços para a defesa, o São Paulo afirmou que o valor elevado pedido pelo Atlético Paranaense pelo zagueiro Manoel impediu que a negociação prosseguisse. O jogador está afastado pela diretoria do clube paranaense desde o fim na participação da Libertadores, ainda na fase de grupos, e despertou o interesse de outras equipes.

O preço estipulado pelo presidente do Atlético, Mario Celso Petraglia, é de R$ 18,4 milhões, montante que impossibilitou o avanço da negociação. "Nunca chegamos a procurar o jogador, mas soubemos que o valor necessário era elevado demais para as nossas possibilidades", afirmou o vice-presidente de futebol do São Paulo, Ataíde Gil Guerreiro.

Segundo o empresário do zagueiro de 24 anos, Neco Cirne, a situação de Manoel com o clube ainda está complicada e ainda é difícil dizer qual o será destino dele. "A partir da próxima semana ficará mais claro para onde ele deve ir. Estamos em litígio com o Atlético-PR e primeiro temos que resolver isso", explicou o agente.

De acordo com nota oficial publicada no site do Atlético-PR, Manoel foi afastado do elenco "em função do comportamento mostrado, das declarações constantes e claras que pretende sair e não mais continuar vestindo a camisa do clube que lhe acolheu e lhe deu todas as condições desde 2006". O clube afirmou que o jogador seguiria treinando separado do restante do elenco até ser negociado ou até o término do contrato, em dezembro de 2015.



Últimas Notícias

Libertadores

Hoje é um novo dia…..

…. de um novo tempo/que começou Nesses novos dias/as alegrias/ serão de todos/é só querer. Esses nossos sonhos/ serão verdade o futuro já começou.  …

Fala, Atleticano

Mais do mesmo

Não consigo ver futuro no futebol que o meu time está praticando. Ou seja, não está jogando nada já faz um bom tempo. Vejamos: zagueiro…

Fala, Atleticano

Reflexões…

Após a Derrota contra o Fluminense… Nosso “DT” Felipão, implorou pelo apoio da torcida no jogo de quarta, pois é “vida ou morte”… O Atlhetico…

Fala, Atleticano

Nunca foi unanimidade

Nunca ele foi unanimidade perante a torcida do CAP, o “queridinho” do Petraglia, só conseguiu um destaque em 2018, sob a batuta do Thiago Nunes,…