16 jun 2014 - 0h15

Copa na Arena: Conheça a seleção do Irã

Daqui exato um mês a bola vai rolar para a Copa do Mundo no Brasil e o Atlético fará parte da maior festa do futebol mundial, com a Arena da Baixada recebendo quatro partidas da primeira fase: Irã x Nigéria, no dia 16 de junho; Honduras x Equador, no dia 20 de junho; Austrália x Espanha, no dia 23 de junho; e Argélia x Rússia, no dia 26 de junho.

A partir de hoje, a Furacao.com lança uma série de reportagens especiais, apresentando uma a uma todas as oito seleções que jogarão em Curitiba na Copa.

A primeira da série é a seleção do Irã, uma das primeiras a garantir vaga na Copa do Mundo do Brasil. Confira na reportagem especial de Gustavo Rolin, colaborador da Furacao.com.


O Irã, país situado no Oriente Médio, jogará a primeira partida a ser realizada na Arena da Baixada no dia 16 de junho, às 16 horas, contra a Nigéria. Sua chegada ao país está marcada para o dia 3 de junho. Além da Nigéria, enfrentará na primeira fase a Argentina, dia 21 de junho e a Bósnia, dia 25 de junho.

Classificada como uma das seleções campeãs dos dois grupos da Ásia, o Irã obteve uma classificação com relativa tranquilidade. Na primeira fase de grupos, obteve a primeira posição no grupo composto por Catar, Bahrein e Indonésia. Já na segunda e decisiva fase de grupos, conseguiu a classificação direta a Copa vencendo o grupo em que enfrentou a tradicional Coreia do Sul, Uzbequistão, novamente Catar e o Líbano. Foi uma das primeiras seleções a garantir vaga para a Copa do Brasil.

Treinada pelo ex-técnico do Real Madri e da seleção portuguesa, o português Carlos Queiroz, o Irã virá ao Brasil com uma seleção predominantemente “caseira”. Os maiores destaques, porém, jogam no exterior. São eles: o capitão Javad Nekounam (Al Kuwait, Kuwait), o meia Masoud Shojaei (Las Palmas, Espanha) e o também meia Ashkan Dejagah (Fulham, Inglaterra).

Javad Nekounam é um dos destaques do Irã na Copa [foto: divulgação]


A aposta para revelação iraniana é Sardar Azmoun, que atua no Rubin Kazan, da Rússia. Conhecido como “Messi iraniano”, o atacante tem apenas 19 anos e foi surpresa na pré-convocação de Carlos Queiroz, já que nunca havia sido convocado para a seleção principal anteriormente.

Atualmente na 37ª colocação do ranking da FIFA, a seleção iraniana teve três participações anteriores em Copa do Mundo (1978, 1998 e 2006), sem nunca ter passado da fase de grupos. A primeira vitória veio na França em 98, em uma partida cercada de expectativas por conta do histórico de conflitos entre os dois países. Estili e Mahdavikia marcaram na vitória por 2 a 1 sobre os EUA.

A seleção iraniana ficará concentrada no hotel Caesar Park, próximo do aeroporto internacional de Guarulhos-SP. O Irã percorrerá a distância de 4.592 km neste Mundial.

Notícia originalmente publicada na Furacao.com em 12 de maio de 2014



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Jogo da vida

Por curiosidade, fui verificar qual a possibilidade da queda do CAP para a segunda divisão, e apresentou 16.4%, preocupante em vista que estamos num bolo…

Fala, Atleticano

Flertando com a ZR

Como já disse, estou feliz por ser Bicampeão Sulamericano e estar na final do Copa do Brasil, mas, deste jeito não dá. Ontem mais uma…