19 nov 2014 - 21h34

Mais um jogo em ritmo de férias

Sem grandes aspirações no Campeonato Brasileiro, Atlético e Santos se enfrentaram, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. O placar de 1 x 1 demostra a falta de busca no campeonato das duas equipes. O próximo jogo do Furacão será contra o Bahia, no sábado (22), às 21:00, na Arena Fonte Nova.

No primeiro tempo, o Atlético jogou no seu habitual 4-2-3-1 de Claudinei Oliveira no clube, realizou as melhores chances e atuou melhor. Tanto que na primeira metade do jogo, o Furacão terminou com 51% da posse de bola, realizou oito finalizações (contra somente duas do Santos) e o time paulista não ameaçava a meta de Weverton. Porém, aos 27 da primeira etapa, Robinho abriu o placar após arriscar um chute da intermediária defensiva rubro-negra. Depois deste tento, o Rubro-negro não chegou mais com grande perigo ao gol de Aranha, o Peixe recuou em campo e a apatia no Atlético começou a aparecer.

No intervalo, Claudinei Oliveira colocou Hernani no lugar de Deivid. Com esta substituição e com a equipe precisando fazer gols, o Atlético iniciou o segundo tempo com maior intensidade. Aos 4, Cleberson fez o gol de empate após uma cobrança de escanteio cobrada por Bady. Depois do gol, o Furacão não conseguiu manter o mesmo ritmo e o Santos reequilibrou o jogo. Com o Peixe de novo em campo, Claudinei colocou Douglas Coutinho no lugar de Dellatorre, aos 27. Com o camisa 32, o Atlético ganhou mais fôlego, mas a equipe paulista não deixava o Furacão chegar na meta de Aranha. Aos 30 da segunda etapa, Sueliton saiu machucado sentiu dores em sua panturrilha direita e Mario Sergio entrou em seu lugar.



Últimas Notícias

Hugo Moura comemora golaço marcado na Arena

Brasileiro

Volte sempre, meu vice

Na Arena da Baixada, Athletico 4 x 2 RB Bragantino. O Athletico entrou em campo com um time bastante modificado, poupando jogadores para o confronto…