13 fev 2015 - 11h04

Torcedor discorda do cadastramento biométrico

No final de 2014, o Atlético anunciou que o acesso à Arena da Baixada passará a ser feito por biometria. Na mesma oportunidade, informou que o cadastramento seria iniciado pelos Sócios Furacão Fan.

Segundo o clube, o cadastramento biométrico "auxiliará no conforto e na segurança dos frequentadores do estádio", mas a notícia não foi bem digerida pela torcida, que em sua maioria se mostrou contrária à medida. A principal reclamação foi no sentido de que o sócio deve ter autonomia para emprestar seu smart card quando não puder comparecer aos jogos.

Em recente enquete, a Furacao.com questionou: "Sobre o cadastro biométrico na Baixada, você é a favor?" E dos 12.406 votos, a opção escolhida por 8.560 (69%) dos participantes foi "Não, o sócio deve ser livre para emprestar seu cartão". Por outro lado, 2.297 (18,5%) se mostraram favoráveis à ideia, optando por "Sim, por uma maior segurança e mais sócios". Ainda, para 1.412 torcedores (11,4%) o cadastramento deve ser feito apenas para os sócios do Setor Fan, enquanto 137 (1,1%) disseram "Não sei".

Independentemente da vontade do torcedor, o Atlético está levando a efeito a medida. Tanto é assim que, nos primeiros jogos do Campeonato Paranaense realizados no Joaquim Américo, o acesso ao Setor Fan já foi feito exclusivamente por biometria.



Últimas Notícias

Brasileiro

Mais do mesmo

Pela rodada 18 do Brasileirão, em Bragança Paulista, Bragantino 1 x 0 Athletico. Em mais uma jornada com a horrenda camisa amarela, o Athletico precisava…

Sul-Americana

Tá ruim mas tá bom

Pela repescagem (ou playoff) da Sul-Americana, no Paraguai, Cerro Porteño 1 x 1 Athletico. No segundo jogo de Martin Varini no comando técnico do Athletico,…