26 mar 2015 - 14h25

Sicupira parabeniza Atlético e pede investimento em futebol

É impossível falar da história do Atlético sem citar Barcímio Sicupira Júnior. O ex-jogador e atualmente comentarista esportivo, é o maior artilheiro da história do Furacão, e mesmo longe dos gramados há décadas, continua sendo um dos ídolos máximos do Rubro-Negro. No aniversário de 91 anos do Atlético, Sicupira parabenizou o clube, elogiando a sua atual estrutura, mas cobrando abertamente um maior investimento em futebol por parte da diretoria.

"A estrutura é grandiosa, o estádio é espetacular e o centro de treinamentos é fantástico. Neste quesito o Atlético não deve nada para nenhum clube do futebol brasileiro. Pelo contrário, eles que tiveram que correr atrás do Atlético", comenta o artilheiro. Apesar dos elogios, Sicupira lamentou o atual momento vivido pelo clube, com uma má atuação no Campeonato Paranaense e pouco investimento em atletas para o elenco.

De acordo com Sicupira, apesar de toda a enorme estrutura do clube, a essência do futebol para o torcedor atleticano é a bola rolando, algo que precisa ser melhorado urgentemente, com conquista maior de títulos e uma estabilidade constante do time nas primeiras posições entre os times do Brasil. "O clube precisa de títulos. O torcedor atleticano é acostumado com conquistas. Ele está incomodado com essa situação. Fazer boas campanhas é importante, mas o clube precisa voltar a ser campeão", cobra o ídolo do Furacão, remetendo à boa participação do Atlético no Brasileiro de 2013, onde terminou como terceiro colocado, garantindo vaga para a Libertadores em 2014.

"Se o Atlético investir no futebol, montar um time realmente forte, ele pode conquistar qualquer campeonato que participar. Com essa estrutura e com essa torcida fanática, ele pode se tornar uma das principais potências do futebol brasileiro. Mas para isso precisa investir. A estrutura é espetacular, mas quem ganha jogo é o time, afirma o maior artilheiro da história atleticana. Ainda de acordo com ele, o desempenho do Atlético nos campeonatos dos últimos anos é muito pouco para o tamanho do clube.

Sicupira chegou ao Atlético em 1968, passando por outros clubes do Brasil, e se aposentando no Rubro-Negro em 1976. Ao todo marcou 154 gols pelo maior clube do Paraná, números que o consolidam até hoje como o maior artilheiro da história atleticana e que o fazem ser reconhecido pelos fãs. "O carinho é imenso. Até gente que nem me viu jogar se diz meu fã. Quanto mais o tempo passa mais craque eu fico. Coisas da história", finaliza humildemente o ex-atacante, que tem seu status de lenda já consolidado para sempre na história do Furacão.

*Com informações de Guilherme Moreira, pelo portal Terra.



Últimas Notícias

Brasileiro

Empate com gosto amargo

Na última partida do domingo (18), Athletico e Cuiabá se enfrentaram pela 27ª rodada do Brasileirão no Joaquim Américo diante de pouco mais de 17…