8 jul 2015 - 15h52

O fator Walter

A vinda do atacante Walter foi cercada de expectativa pelos torcedores atleticanos. Depois de uma passagem marcante pelo Goiás ele foi negociado com o Fluminense, começou bem, mas não teve espaço no tricolor das Laranjeiras, especialmente pelo excesso de holofotes voltados somente para o “dono” do pedaço, o atacante Fred. Sentindo-se preterido e indignado pelos constantes atrasos salariais, Walter deixou o Flu e aportou no Atlético em abril deste ano, em meio ao verdadeiro turbilhão que vivia o clube.

Estreou na derrota para o Tupi na partida de ida pela 2ª fase da Copa do Brasil e já no jogo de volta deixou sua marca fazendo seu primeiro gol com a camisa atleticana. Inteligente sempre jogou coletivamente, abrindo espaços na defesa adversária e dando assistências aos companheiros.

No atual Campeonato Brasileiro o camisa 18 marcou 3 gols e deu 3 assistências para os companheiros, tendo participado diretamente de mais de um terço dos gols do time no certame. Walter não joga diante do Corinthians pela expulsão diante do Cruzeiro já no final da partida e seu substituto deve ser o atacante Cléo.

Como esperança ao torcedor atleticano não custa lembrar que na única vitória fora de casa até agora, Cléo substituiu justamente o suspenso Walter quando o Furacão venceu o Joinville por 2 a 1 na cidade catarinense.



Últimas Notícias

Brasileiro

Libertadores, estamos chegando!

Na Arena da Baixada, o Athletico enfrentou o Botafogo pela última rodada do Campeonato Brasileiro de 2022. Dependendo somente das suas forças para garantir presença…