18 set 2015 - 0h48

Está na hora de vencer

Dentre os principais clássicos do futebol brasileiro em que as equipes não jogam em estádios em comum como o Mineirão ou Maracanã, o Atletiba é aquele em que um time tem melhor desempenho em seus domínios. Dentro do Couto Pereira o Coxa não sabe o que é perder para seu maior rival desde o Paranaense de 2008.

Naquele jogo o Furacão dirigido por Ney Franco, hoje no Coritiba, venceu os donos da casa por 2 a 0 com gols de Ferreira e Alan Bahia. Durante o certame, a direção atleticana, entretanto negociou o colombiano e o capitão Clayton enfraquecendo o elenco que veio a perder o título dentro de casa justamente para o rival.

De lá para cá foram jogados no Couto Pereira pelo Paranaense e Brasileiro um total de dez partidas, com sete vitórias do coxa e três empates, o último deles no Brasileiro de 2011, com gols de Emerson para os donos da casa e Edilson para o Atlético.

Somente em campeonatos nacionais, com a arbitragem não sendo paranaense, o confronto é equilibrado no Alto da Glória: são 12 vitórias do Coritiba contra 11 do Atlético e 10 empates, tendo o time da casa feito 34 gols e sofrido 33. No Brasileirão 2015 pelo primeiro turno as equipes empataram na Baixada por dois gols no dia 21 de junho, tendo marcado Wellington Paulista e Ruy para o Coritiba e Walter e Edigar Junio pelo Atlético.

Empenho e entrega é o que torcida exige.[foto: arquivo]

O rubro-negro vem de quatro partidas sem vitória, sendo que duas dessas partidas contra o lanterna e o vice lanterna da competição e necessita da vitória diante do maior rival para voltar a sonhar com o G4.



Últimas Notícias