29 set 2015 - 19h00

Zaga defende invencibilidade

Um dos segredos do Atlético que chegou a liderar o Campeonato Brasileiro no primeiro turno foi a coesão defensiva. Nas nove primeiras rodadas a zaga atleticana havia sofrido somente nove gols e saído invicta em quatro partidas. Agora já são cinco jogos consecutivos sofrendo ao menos um gol por jogo.

Até a 8ª rodada a defesa foi composta por Gustavo e Kadu e na rodada seguinte diante da Ponte Preta quem atuou foi Ricardo Silva no lugar do suspenso Kadu. A partir da 12ª rodada quando o chileno Christian Vilches estreou, a dupla de zaga passou a ser formada por ele e Kadu e desde então a equipe sofreu 20 gols.

Na Copa Sul Americana o desempenho atleticano até o momento é impecável, pois o time não sofreu gols em nenhuma das três partidas, sendo a única equipe brasileira a disputar o torneio sem ter sido vazada até o momento. Na primeira partida diante do Joinville na cidade catarinense a dupla foi formada por Vilches e Kadu, com o zagueiro Gustavo posteriormente negociado com o Bahia tendo entrado no lugar do chileno durante a partida. Já no jogo de volta a dupla foi formada por Wellington e Kadu e diante do Brasília pelas oitavas de final, Vilches e Kadu voltaram a atuar juntos.

O Atlético joga pelo empate diante do Brasília, ou seja, se a defesa voltar a não sofrer gols pela Copa Sul Americana o rubro-negro garante vaga nas quartas de final, onde virá a enfrentar o vencedor do confronto entre Tolima e Sporting Luqueño que empataram a um gol na semana passada.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Resumão

Resolvi escrever o texto somente hoje… Depois do jogo do Ceará, em que o time fez uma boa partida, curiosamente não foi comandado por Felipão…

Fala, Atleticano

Expectativa

Pois é, o que tenho agora é uma expectativa em relação ao futuro do CAP neste ano. Mudamos de técnico, alguns jogadores chegaram, outros foram…