20 out 2015 - 9h43

Cristóvão Borges só pensa em recuperação

Tentando quebrar a incômoda sequencia no clube no Brasileirão, uma das piores do clube na história do certame, o Atlético precisa virar a página e se concentrar 100% na disputa das quartas de final da Copa Sul-Americana.

O adversário é o Sportivo Luqueño do Paraguai e que ocupa a penúltima posição no campeonato de seu país. Para voltar a vencer, os comandados de Cristóvão Borges treinam nesta terça-feira (20) em dois períodos no CT do Caju.

Para o confronto diante dos paraguaios o volante Otávio que não jogou diante do Corinthians por estar suspenso deve voltar a meia cancha. Na defesa, vazada seis vezes somente nas duas últimas partidas, a dupla Kadu e Vilches será mantida, com a possível volta de Sidcley na lateral esquerda.

Quem segue sendo dúvida é o meia Nikão que voltou de contusão diante do São Paulo na 29ª rodada mas novamente sentiu a contusão e vem desfalcando o time no setor de criação. Pior de tudo: as tentativas feitas até o momento não corresponderam e o time segue carente numa posição primordial para a equipe.

Atlético e Sportivo Luquenõ estão invictos na competição e pela Sul-Americana a contestada defesa rubro-negra não sofreu nenhum gol até esta fase.



Últimas Notícias

Opinião

Passo a passo

O mundo anda acelerado demais. Era um processo que já vínhamos passando mas parece que se acelerou no período pós pandemia, pois todo mundo parece…