20 out 2015 - 9h43

Cristóvão Borges só pensa em recuperação

Tentando quebrar a incômoda sequencia no clube no Brasileirão, uma das piores do clube na história do certame, o Atlético precisa virar a página e se concentrar 100% na disputa das quartas de final da Copa Sul-Americana.

O adversário é o Sportivo Luqueño do Paraguai e que ocupa a penúltima posição no campeonato de seu país. Para voltar a vencer, os comandados de Cristóvão Borges treinam nesta terça-feira (20) em dois períodos no CT do Caju.

Para o confronto diante dos paraguaios o volante Otávio que não jogou diante do Corinthians por estar suspenso deve voltar a meia cancha. Na defesa, vazada seis vezes somente nas duas últimas partidas, a dupla Kadu e Vilches será mantida, com a possível volta de Sidcley na lateral esquerda.

Quem segue sendo dúvida é o meia Nikão que voltou de contusão diante do São Paulo na 29ª rodada mas novamente sentiu a contusão e vem desfalcando o time no setor de criação. Pior de tudo: as tentativas feitas até o momento não corresponderam e o time segue carente numa posição primordial para a equipe.

Atlético e Sportivo Luquenõ estão invictos na competição e pela Sul-Americana a contestada defesa rubro-negra não sofreu nenhum gol até esta fase.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Jogo da vida

Por curiosidade, fui verificar qual a possibilidade da queda do CAP para a segunda divisão, e apresentou 16.4%, preocupante em vista que estamos num bolo…

Fala, Atleticano

Flertando com a ZR

Como já disse, estou feliz por ser Bicampeão Sulamericano e estar na final do Copa do Brasil, mas, deste jeito não dá. Ontem mais uma…