20 out 2015 - 23h12

Cristóvão diz: "Vamos jogar para frente"

O técnico Cristóvão Borges afirmou que o Atlético vai jogar para frente e fazer o resultado já no confronto de ida com o Sportivo Luqueño, nesta quarta-feira (21), às 20h, na Arena da Baixada, pelas quartas de final da Copa Sul-Americana. Mas, segundo o treinador, o Furacão precisa ter cautela com a equipe paraguaia.

"Jogando em casa, temos que fazer o resultado. Claro que precisamos ter os cuidados necessários que a equipe deles merece, mas vamos procurar jogar para frente e buscar a vitória", afirmou em entrevista ao site oficial do clube.

Para o treinador, o confronto será difícil pois o adversário deve vir mais "fechado". Ele também comentou sobre o estilo de jogo dos paraguaios: com velocidade e muita bola longa.

"É um adversário difícil, como são todos nestas competições. Eles devem ter alguma cautela, porque são dois jogos. Não se joga tudo na primeira partida. Mas independentemente de qualquer coisa, se fecharão bem. Assistimos a alguns jogos. Eles jogam com velocidade e muita bola longa. O futebol jogado no Paraguai é muito aguerrido. E as informações que tivemos é que eles estão muito mobilizados. É uma competição importante para todo mundo", completou.

Cristóvão Borges ainda não confirmou a escalação do Atlético, mas, segundo o site GloboEsporte.com, um provável time tem: Weverton; Eduardo, Vilches, Kadu e Roberto; Otávio, Bruno Pereirinha (Hernani) e Bruno Mota; Daniel Hernández (Ewandro), Marcos Guilherme e Walter.



Últimas Notícias

Libertadores

Hoje é um novo dia…..

…. de um novo tempo/que começou Nesses novos dias/as alegrias/ serão de todos/é só querer. Esses nossos sonhos/ serão verdade o futuro já começou.  …

Fala, Atleticano

Mais do mesmo

Não consigo ver futuro no futebol que o meu time está praticando. Ou seja, não está jogando nada já faz um bom tempo. Vejamos: zagueiro…

Fala, Atleticano

Reflexões…

Após a Derrota contra o Fluminense… Nosso “DT” Felipão, implorou pelo apoio da torcida no jogo de quarta, pois é “vida ou morte”… O Atlhetico…

Fala, Atleticano

Nunca foi unanimidade

Nunca ele foi unanimidade perante a torcida do CAP, o “queridinho” do Petraglia, só conseguiu um destaque em 2018, sob a batuta do Thiago Nunes,…