26 out 2015 - 8h02

Pivô de reclamação, Walter diz: “Nada por querer”

O atacante Walter foi alvo de muitas reclamações de jogadores e comissão técnica do Sportivo Luqueño, após a vitória atleticana por 1 a 0, na última quarta-feira (21), no primeiro jogo das quartas de final da Copa Sul-Americana. A razão foi uma suposta falta do atacante, no lance que originou o gol da vitória do Furacão, aos 18 minutos do segundo tempo: no lance, o camisa 18 atleticano fez boa jogada na direita, se livrou da marcação e cruzou para Nikão, que deu o passe preciso para trás para Marcos Guilherme chutar com força e garantir a vitória.

“Se você pegar o lance, pegou sim. Mas eu estou olhando só para a bola, em jogos contra uruguaios, paraguaios [e outros times sul-americanos] tem que entrar muito firme”, justificou o atacante, emendando: “Ele [Enrique Meza] levou azar que baixou a cabeça, mas nada foi por querer”.

Logo após o gol, os jogadores paraguaios cercaram o árbitro peruano Victor Carrillo, reclamando da falta. O lance também foi alvo de muitos protestos da imprensa paraguaia, que no entanto não reclamou do erro claro da arbitragem no gol marcado pelo próprio Walter, no primeiro tempo, com a marcação de uma falta inexistente de Kadu no goleiro Jorge Chena.



Últimas Notícias

Brasileirão A1

Até empatar!

Pela nona rodada do Brasileirão, na Baixada, Athletico 1 x 1 Anderson Daronco. Como já esperado, o jogo seria bastante brigado e equilibrado. O desequilíbrio…

Brasileirão A1

Pra espantar a zica

Pela oitava rodada do Brasileirão, na Baixada, Athletico 3 x 1 Criciúma. Precisando se recuperar das últimas péssimas atuações, o Athletico foi a campo pressionado.…

Opinião

O paradoxo de Cuca

Há motivos para se gostar de Cuca, não necessariamente pelo o que tem feito aqui, mas pelo seu histórico vencedor, estando claramente na prateleira de…

Brasileirão A1

Mais do mesmo…

Pela sétima rodada do Brasileirão, no Presidente Vargas, Fortaleza 1 x 0 Athletico. Se a dificuldade técnica do time do Athletico já era esperada para…