28 out 2015 - 23h56

Barrados pela polícia, atleticanos não entraram no estádio

Torcedores do Atlético foram impedidos de entrar no estádio do Sportivo Luqueño nesta quarta (28). Segundo informações divulgadas pela imprensa, o motivo da ação policial foi a (suposta) embriaguez dos atleticanos, que chegaram em um ônibus minutos antes da partida.

A postura de impedir a entrada dos torcedores ao estádio apenas corroborou as bárbaras ações do time paraguaio, que transformou o que se iniciou de maneira amigável numa verdadeira guerra. Na noite anterior, os atletas rubro-negros foram incomodados com foguetório e buzinaço em frente ao hotel onde estavam hospedados, incentivados pela infeliz entrevista do técnico do Luqueño após a partida na Arena.

No primeiro jogo das quartas de final, o clima entre atleticanos e repolleros foi bastante tranquilo, tanto que as torcidas se encontraram para beber no entorno da Arena da Baixada. No estádio atleticano, os torcedores do Luqueño puderam entrar e ocuparam todo o espaço destinado à torcida adversária, inclusive portando sinalizadores (que não são permitidos nem para os rubro-negros). Na partida decisiva, porém, apenas três atleticanos puderam entrar no estádio, diante da questionável ação da polícia paraguaia.



Últimas Notícias

Brasileirão A1

Até empatar!

Pela nona rodada do Brasileirão, na Baixada, Athletico 1 x 1 Anderson Daronco. Como já esperado, o jogo seria bastante brigado e equilibrado. O desequilíbrio…

Brasileirão A1

Pra espantar a zica

Pela oitava rodada do Brasileirão, na Baixada, Athletico 3 x 1 Criciúma. Precisando se recuperar das últimas péssimas atuações, o Athletico foi a campo pressionado.…