18 nov 2015 - 23h48

Inspirado, Ewandro “quase” não entrou

A noite desta quarta-feira na Arena foi do atacante Ewandro, autor de dois gols no empate em 3 a 3 com o Palmeiras. O jogador entrou em campo aos 37’/2º no lugar de Barrientos, mas quase que não tem a chance – já que instantes antes da substituição, o técnico Cristóvão Borges chegou a chamar o volante Deivid para a última alteração no time (Hernández e Ricardo Silva já haviam entrado na equipe).

Logo no primeiro lance em campo, Ewandro marcou o segundo do Furacão – na oportunidade, empatando o jogo em 2 a 2. Dois minutos depois, aos 40’, quase marca um golaço por cobertura, mas a bola foi para fora. E aos 41’, marcou seu segundo gol, o terceiro do Atlético, após cobrança rápida de falta no meio-campo.

“Sobre minha entrada, eu estava trabalhando forte e aproveitei a oportunidade. Peguei a primeira bola, parti para cima e fiz o gol. Peguei confiança, fui para a segunda e fiz mais um gol", disse o jogador, destaque em campo, que não deixou também de lamentar a atuação ruim do árbitro Dewson Freitas da Silva (PA) no jogo. “Nosso time acha que ele errou, o time do Palmeiras também. O que importa é o ponto de vista dele [árbitro]”, analisou.



Últimas Notícias

Libertadores

Vamos, oh meu Furacão

Os pouco mais de 1.800 km que separam Curitiba de La Plata começaram a ser enfrentados por centenas de atleticanos desde o último fim de…