18 mar 2016 - 15h58

Marcos Guilherme quebra jejum de gols e explica má fase

Após quatro meses, o meia-atacante Marcos Guilherme voltou a balançar as redes no empate com o Brasil de Pelotas 1 a 1, na quinta-feira (17), no Rio Grande do Sul. Antes do duelo, o jovem vinha sendo muito criticado por conta das más atuações nesta temporada. Ele, inclusive, chegou a ficar no banco de reservas em alguns jogos.

O camisa 10 falou sobre as críticas e explicou que o seu posicionamento dentro de campo foi um dos responsáveis pelas atuações ruins. Segundo ele, a chegada de Paulo Autuori e o apoio de um colega de grupo foram fundamentais para a melhora.

"Posso colocar na conta do Paulo [Autuori], do Bruno [Pivetii] e até do Paulo André, que foi um cara fundamental para mim, que me ajudou no meu posicionamento. Não estou voltando mais quanto eu estava voltando. Isso estava me prejudicando. Estava voltando muito para marcar e esquecendo de fazer minha função, que é atacar. Então, espero crescer ainda mais com a equipe, fazer mais gols e vencer os jogos", disse em entrevista coletiva no final da partida.

O gol que quebrou o jejum de Marcos Guilherme saiu aos 44 minutos do primeiro tempo, após cruzamento de Eduardo. Antes disso, o garoto havia deixado sua marca apenas no dia 18 de novembro do ano passado, no empate em 3 a 3 com o Palmeiras, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro. Na oportunidade, ele recebeu passe de Walter e completou para o gol na pequena área, foi o primeiro gol do time no confronto.

Confira os melhores momentos e o gol de Marcos Guilherme contra o Brasil de Pelotas:



Últimas Notícias