24 abr 2016 - 19h15

Autuori: "Podemos e temos a obrigação de jogar mais"

O técnico Paulo Autuori concedeu entrevista coletiva depois da classificação do Atlético para a final do Campeonato Paranaense 2016. Perdendo no tempo normal por 1 a 0, o Furacão venceu a disputa de pênaltis por 4 a 2 e garantiu vaga na decisão. Confira a opinião do treinador sobre o jogo e a grande decisão do Estadual:

MARCOS
A equipe como um todo não fez o jogo que poderíamos ter feito. O Marcos fez um belo jogo, em dois lances no primeiro e no segundo tempo, parabéns a ele, mas não fizemos muito mais do que isso.

ORGANIZAÇÃO
O gol que o Paraná conseguiu foi um lance fortuito, mas mérito de quem aproveita. O que eu não gostei foi depois do gol que a equipe se desorganizou. Paradoxalmente, depois que o Otávio foi expulso, a equipe foi mais organizada e solidará defensivamente.

SACRIFÍCIO
Estamos numa sequência muito forte, tenho que elogiar o sacríficio dos jogadores e o trabalho de toda a nossa comissão técnica. Quero inclusive parabenizar o Nikão, que teve a atitude de sacrifício e sofrimento.

PÊNALTIS
Nos pênaltis, os jogadores foram frios, não tivemos a menor dúvida de quem iria bater. Parabéns a eles, ao Weverton, por tudo o que a equipe tem feito nessa sequência que está passando, eles mereciam isso e ficamos satisfeitos de oferecer isso à torcida, pelo apoio que nos deram, mesmo não fazendo um bom jogo.

EQUILÍBRIO EMOCIONAL
Nada, absolutamente nada pode ser justificativa para a gente perder o equilíbrio emocional. Aqueles que entraram hoje foram bem. A lição fica em relação à maneira como a equipe se desorganizou. Até então, eu não havia visto a equipe se desorganizar depois de sofrer um gol desse jeito. Vamos trabalhar no equilíbrio emocional, na equipe focada apenas em jogar futebol, mais nada.

FINAL
Em clássicos assim, não existe favoritismo. Espero que sejam dois grandes jogos e que se ganhe dentro e fora de campo.

JOGAR MAIS
Não fizemos um bom jogo hoje. Queremos, podemos e temos a obrigação de jogar muito mais, assim como fizemos no primeiro jogo contra o Paraná.



Últimas Notícias

Libertadores

Vamos, oh meu Furacão

Os pouco mais de 1.800 km que separam Curitiba de La Plata começaram a ser enfrentados por centenas de atleticanos desde o último fim de…