7 jun 2016 - 9h36

Paulo Autuori e Weverton serão julgados pelo STJD

O Atlético Paranaense, o técnico Paulo Autuori e o goleiro Weverton serão julgados nesta terça-feira (dia 7) pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) pelos incidentes ocorridos na partida contra o Atlético-MG, na Arena da Baixada, na 2ª rodada do Campeonato Brasileiro. O clube corre o risco de ser multado. O treinador e o goleiro podem ser suspensos.

O clube pode ser multado – o valor varia de R$ 100 a R$ 100 mil – porque na súmula o árbitro relatou que foi arremessado na direção da arbitragem três moedas de R$ 0,25 e uma revista de publicidade amassada.

Autuori foi denunciado no artigo 243-F do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que trata de “ofender alguém em sua honra” e estabelece suspensão de até seis jogos. Também foi indicado no artigo 243-C, que se refere a “ameaçar alguém” e prevê suspensão de 30 a 120 dias, além de multa de até R$ 100 mil.

O árbitro Flávio Rodrigues de Souza (SP) relatou na súmula que o técnico declarou “vocês são uns merda c…, não marcam uma para mim”. Outro trecho do documento relata a ameaça. “Informo ainda que este treinador nos esperou na zona mista dizendo as seguintes palavras com o dedo em riste para o quarto árbitro: ‘Agora a conversa de homem pra homem’, sendo contido pelos seguranças e polícia militar”, escreveu Flávio.

Weverton será julgado no artigo 258 do CBJD: “conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva”. Ele corre risco de suspensão de uma a seis partidas. O goleiro não foi relatado na súmula da partida. No entanto, a procuradoria do STJD decidiu denunciar o jogador porque ele concedeu uma entrevista logo após a partida. “Pelo amor de Deus, não existe. Ele (árbitro) chegou aqui e falou ‘vou consertar a merda que o outro juiz fez (no jogo contra o Palmeiras)’. Falou para mim e para outros jogadores, e vem aqui e faz pior. Não existe isso. Nós trabalhamos o dia a todo, também erramos, atacante perde gol, goleiro falha, juiz erra, mas hoje foi demais. Não vamos botar a culpa toda nele, nós tivemos chances de gol, mas cansa. Nós trabalhamos a semana inteira e vem um cara, é ser humano, mas hoje foi demais. Desculpa se eu estiver falando demais”, disse Weverton, ainda no gramado da Arena após o jogo com o Atlético-MG.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

O que já sabíamos!

“Já se sabe que foi um erro o que aconteceu, os amistosos não terem acontecido, e não ter disputado o Estadual porque a preparação ficou…