23 jun 2016 - 16h28

Segundo treinador, Ewandro deve deixar o Atlético

O técnico Paulo Autuori sinalizou nesta quarta-feira (22) que o atacante Ewandro não deve mais seguir no Atlético. O treinador do Furacão disse, antes do início da partida contra a Chapecoense, às 19h00, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro, que o jogador deve ser negociado e não o escalou para a partida, que foi transferida para às 15h00 da quinta-feira seguinte e terminou em um empate sem gols.

Logo antes do apito inicial, Autuori foi questionado pelos repórteres sobre a ausência de Ewandro, um dos destaques do Furacão neste primeiro semestre. A resposta do treinador foi direta: “É uma situação que deve acontecer (Ewandro ser negociado). Ele pertence ao São Paulo e estão negociando sua saída. Enquanto isso não se resolver, não posso colocar ele para jogar”, explicou, sem revelar o provável destino do atleta.

O jogador pertence ao São Paulo e está emprestado ao Furacão até janeiro de 2017. Nas últimas semanas, foi especulado que Ewandro tem uma proposta da Udinese-ITA de 3 milhões de euros (cerca de R$ 12 milhões na cotação atual). O Furacão possui prioridade na compra do atleta, mas não manifestou interesse em o adquirir. Caso negociado, o Atlético receberá 25% do valor da venda do jogador.



Últimas Notícias

Torcida

Uma nova Aurora para o Furacão

A partida entre Athletico e Maringá realizada no último sábado, na Arena da Baixada, pela 3ª rodada do Campeonato Paranaense, foi um marco na vida…