21 ago 2016 - 13h55

Aos palavrões, Sallim critica arbitragem do jogo

O presidente do Atlético Luiz Sallim Emed não ficou nada satisfeito com a arbitragem do jogo contra o Atlético-MG, nesse domingo (21), disputada no Independência, com vitória de 1 a 0 dos mineiros, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro.

De acordo com o presidente atleticano, o árbitro catarinense Bráulio Machado errou ao não anotar um pênalti para o Furacão, que sofreu o gol do jogo justamente em uma penalidade convertida por Robinho, no primeiro tempo. Sallim também criticou a arbitragem brasileira contra o Atlético de uma forma geral.

Sallim disse, para a Rádio Transamérica, que o Atlético tem sofrido constantemente com a arbitragem e criticou a atuação do árbitro da partida.

“Esse cara não é santo, não pode. O Atlético esse ano não teve um pênalti, o cara agarrou a bola. E depois, o pior, fica dando faltinha no meio de campo. Isso não existe”, conversou sobre um suposto pênalti não marcado em favor do Furacão.

Ao continuar a explicar sua revolta, Sallim também disse que o clube já procurou a CBF para relatar problemas de arbitragem, mas, sem sucesso.

“Eu quero ser punido por estar falando isso agora, só pra esse cara ficar sabendo que foi mal. O Atlético jogou bem. Mas o que o cara faz não tem condição de aceitar. Fomos na CBF, é uma coisa terrível, vergonhosa. Todo mundo viu! O que que a gente vai fazer? Porra nenhuma! Vai fazer, vai na CBF reclamar, e aí,? Vai ficar no papel. Não adianta porra nenhuma”, bradou.



Últimas Notícias

Opinião

Passo a passo

O mundo anda acelerado demais. Era um processo que já vínhamos passando mas parece que se acelerou no período pós pandemia, pois todo mundo parece…