10 out 2016 - 22h04

Oposição lança requerimento para mudar local do Atletiba

O grupo Atletico de Novo, que participou das últimas eleições para a presidência do Atlético, em dezembro do ano passado, montou um requerimento contrário às ultimas atitudes da diretoria do Furacão. O movimento criticou a transferência do Atletiba, do próximo domingo (16), válido pelo Campeonato Brasileiro, para a Vila Capanema, devido ao show do tenor italiano Andrea Bocelli, que acontece na Arena da Baixada, na semana seguinte.

O requerimento está disponível na página do facebook do Atlético de Novo (https://www.facebook.com/atleticodenovo/?fref=ts) e os associados que quiserem podem colocar seus nomes no documento. O objetivo é trazer de volta o jogo para o estádio atleticano. Segundo o membro Henrique Gaede, que concorreu à presidência nas últimas eleições, o objetivo é fazer valer a vontade dos sócios do clube. “O objetivo, é claro, é de tentar a transferência desse jogo. Isso pode ser feito até 72 horas antes do jogo”, disse o advogado, em entrevista à Gazeta do Povo.

Em entrevista à Furacao.com, Gaede disse que a intenção por trás do requerimento não é politica e nega uma rixa com a atual diretoria do Rubro-negro. De acordo com o advogado, o grupo se posicionou em favor do descontentamento da torcida e em consideração aos seus apoiadores.

“Nós não fizemos isso por briga com a atual diretoria. Fizemos por consideração ao nosso percentual de 48% dos votos na última eleição e do descontentamento geral da transferência do jogo para a Vila Capanema. Um dos pontos mais defendidos pela atual diretoria nas eleições foi a autogestão do clube, sem a submissão aos organizadores dos eventos”, disse.

O advogado também argumentou que o clube passa por um momento importante dentro do Campeonato Brasileiro, na sexta posição, com 45 pontos, dentro do grupo de classificação para a Libertadores da América do próximo ano. Para Gaede, jogar na Vila pode ocasionar no desperdício de importantes pontos na competição.

“Estamos em uma posição boa na tabela, na briga por uma vaga na Libertadores e não podemos desperdiçar, o foco tem que ser no futebol. Ano passado, jogamos contra o Grêmio, no Couto Pereira, pelo Brasileiro, devido ao show do Rod Stewart, e perdemos por 2 a 1”, lembrou.

Já o presidente do Atlético, Luiz Sallim Emed, disse que não sabia da existência do requerimento, mas afirmou que o mesmo só serve para aumentar a desarmonia no clube. “Vamos ter de tomar conhecimento jurídico deste conteúdo para depois definirmos um posicionamento. Infelizmente, isso só contribui para a falta de harmonia no clube, algo que estamos tentando melhorar”, disse para a Gazeta do Povo.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Jogo da vida

Por curiosidade, fui verificar qual a possibilidade da queda do CAP para a segunda divisão, e apresentou 16.4%, preocupante em vista que estamos num bolo…

Fala, Atleticano

Flertando com a ZR

Como já disse, estou feliz por ser Bicampeão Sulamericano e estar na final do Copa do Brasil, mas, deste jeito não dá. Ontem mais uma…