17 out 2016 - 21h25

Walter esclarece foto polêmica

O ex-atacante do clube, Walter, compareceu à Vila Capanema neste domingo para assistir ao Atletiba. Ao fim da partida, o jogador, que atualmente está no Goiás, atendeu alguns torcedores e tirou fotos. Uma delas deu o que falar na internet, envolvendo Walter em uma polêmica. O atleta aparece na foto ao lado de uma mulher e junto a eles está uma faixa com os dizeres “Fora Petraglia”.

Nesta segunda-feira (17), o Atlético soltou a notícia em seu site oficial que Walter foi vítima de uma manipulação e que o jogador mandou um áudio ao presidente do conselho deliberativo, Mario Celso Petraglia, explicando o ocorrido. Na gravação, o atacante fala que a mulher teria sido maldosa ao colocar a faixa sem que ele visse o que estava escrito. “Se você olhar pra foto, eu fui focar na foto e nem sei o que tinha na bandeira. Jamais eu iria fazer isso com o senhor. Jamais eu iria tirar uma foto daquela, porque o senhor sempre me deixou as portas abertas”, disse.

Na nota oficial do clube, o Atlético identifica a mulher na foto como Nayara Bortolotti, integrante do Atlético de Novo e da recém-criada ASTA (Associação dos Sócios e Torcedores do Atlético), e diz que ela usou a foto para fins políticos. O clube ainda afirma que o caso foi encaminhado para apuração de ato infracional pela Câmara de Ética e Disciplina do CAP.

Walter ainda deixou uma mensagem para toda a torcida atleticana, dizendo que torce para o Atlético e que é o time que ele aprendeu a gostar. “To mandando essa mensagem para dizer que eu não tenho nada com isso. Apenas fui tirar foto com os torcedores, porque jamais negaria uma foto para o torcedor do Atlético, mas ela foi maldosa. Colocar aquela bandeira lá, daquele jeito, que não dá nem para ver. Jamais faria isso com o presidente e com a torcida. E eu não preciso disso, pois o Atlético Paranaense me tratou muito bem. É um clube que eu gosto muito e virei torcedor. Quando eu gosto de um time eu gosto para valer. Foi um mal entendido. Não precisava fazer isso comigo”, concluiu.



Últimas Notícias