24 out 2016 - 22h13

Jogadores desabafam após nova derrota fora de casa

Os jogadores do Atlético saíram nervosos de campo após a derrota por 1 a 0, sofrida contra o América-MG, nesta segunda-feira (24), no Independência, pela 32ª do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o Atlético somou a oitava partida seguida sem marcar gols e vencer fora de casa, além de sair do G6 classificatório para a Libertadores, o que revoltou os atletas atleticanos.

O primeiro a falar foi Otávio, na saída para os vestiários. Nervoso, o jogador admitiu que o time buscava uma vitória sobre o América-MG sem admitir a perca de pontos, já que o time mineiro era até então o lanterna da competição.

“A gente tem uma cobrança muito grande por ter resultado fora de casa, principalmente esses jogos que a gente não pode perder para quem quer brigar pela Libertadores. Era um jogo fundamental para a nossa classificação”, desabafou Otavio.

Já Nikão, que não jogava há mais de três meses com a camisa do Atlético, por voltar de lesão, se mostrou indignado com o resultado, mas ressaltou que não possui ritmo de jogo o suficiente para ajudar o Furacão de melhor forma na partida ou até mesmo nos próximos jogos.

“Claro que não estou no mesmo ritmo, você perde um pouco da parte da tática mas aos poucos tem que evoluir. Nosso time tem tudo pra conseguir essa vaga. O Campeonato está muito parelho, fora os três primeiros o resto tá tudo parelho, não podemos oscilar porque estamos querendo uma vaga no G6. Temos que começar a vencer o mais rápido possível fora de casa, a gente tem que procurar somar pontos. Eu tenho que me virar, me desdobrar, sei da minha importância, mas três meses não são três dias”, explicou sobre o seu momento de adaptação na volta ao time.

O próximo desafio, pelo Brasileiro, é contra o Cruzeiro, sábado (29), às 16h30, na Arena da Baixada.



Últimas Notícias

Libertadores

Vamos, oh meu Furacão

Os pouco mais de 1.800 km que separam Curitiba de La Plata começaram a ser enfrentados por centenas de atleticanos desde o último fim de…