O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
29 nov 2016 - 6h53

Mesmo sem Liga é possível ser Gigante?!

Com a confirmação dos acontecimentos na primeira liga, vemos com mais clareza a dificuldade de se fazer futebol competitivo no Brasil.

A Primeira Liga foi criada para ser uma alternativa ao sistema autofágico do futebol brasileiro. Livrar os clubes das garras das federações e posteriormente da CBF, seria a libertação das amarras que impede a prosperidade efetiva do futebol brasileiro.

Num primeiro momento, uma das alternativas seria colocar times alternativos para disputar os deficitários campeonatos estaduais, visando centralizar as expectativas na nova competição.

Um dos maiores erros dos seus idealizadores foi ter convidado à dupla FLAFLU antes da Liga ter se consolidado. Estes clubes do Rio trazem em suas entranhas a essência do atual “sistema”. Aceitaram participar por motivos políticos e para melhorar suas “posições financeiras” no campeonato carioca. Na primeira oportunidade, aniquilaram os princípios de integridade e de equilíbrio financeiro que norteava os ideais da Liga.

Agora resta ao Atlético confirmar sua classificação à Libertadores, reforçar o time, principalmente nos setores mais deficientes, trabalhar com mais afinco para conquistar o reconhecimento e a legitimidade que merece, mesmo nas condições atuais.

Temos que conquistar títulos de expressão e mantermos no topo! Temos que trazer à existência o que desejamos! É uma questão de grandeza de espírito, de transformação da realidade. Não podemos apenas ficar esperando a realidade se adequar ao que imaginamos ser o melhor.

Chega desta choradeira tipo: Não recebemos as mesmas as cotas que os “grandes”… Não temos 40K… Não fazemos parte dos grandes centros midiáticos… .BLÁ BLÁ BLÁ… Chega!

É só olhar o exemplo da Chapecoense, que mesmo inserido num contexto muito inferior ao nosso, está fazendo história representando uma cidade do extremo oeste de SC com uma população em torno de 200.000 habitantes.

P.S.: Parabéns às diretorias da dupla ATLETIBA em relação à Primeira Liga. Não precisamos do “mais do mesmo”.
É com dignidade que se conquista o verdadeiro respeito.



Últimas Notícias