O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
5 dez 2016 - 12h42

Balanço 2016

Pelas palavras do boneco de recados do Petraglia, dr. Salim 2016 foi o ano de redenção do Atlético, principalmente por que foi campeão paranaense e vai terminar o brasileiro entre os oito melhores colocados do brasileirão 2016.

Vejam bem são palavras do dr. Salim, em entrevista a um jornal de Curitiba.

Já para o torcedor do Atlético, essa redenção não veio, pois ser campeão paranaense a anos vinha sendo abdicado pelo Petraglia, que manda à campo um elenco Sub 20.

Estar entre os dez primeiro classificados praticamente é rotina, exceto em 2011.

Que redenção foi essa então?

Terminamos mais um ano como sempre terminamos o ano anterior, sem grandes conquistas ou grandes disputas de títulos.

E vejo que 2017, não vai ser diferente, pois a política de time barato e descartável vai continuar.

Não é a minha intenção que o clube quebre devido a grandes contratações e nada consiga dentro das quatro linha.

Mas, a expectativa de cada torcedor é a formação de um elenco qualificado e técnico, investindo-se um pouco mais do que o Furacão tem investido no departamento de futebol.

Se com esse elenco de baixo custo, vendo pelo lado de investimento dos grandes clubes brasileiros, o Atlético quase chega entre os três primeiros colocados. Imagine se tem um elenco um pouco mais qualificado? Poderia estar brigando pelo título nas última rodadas desse brasileiro que termina no dia 11/12/2016.

Se conseguir se classificar para a Libertadores, será lucro, e só depende de si.



Últimas Notícias

Opinião

Passo a passo

O mundo anda acelerado demais. Era um processo que já vínhamos passando mas parece que se acelerou no período pós pandemia, pois todo mundo parece…

Brasileiro

Empate com gosto amargo

Na última partida do domingo (18), Athletico e Cuiabá se enfrentaram pela 27ª rodada do Brasileirão no Joaquim Américo diante de pouco mais de 17…