14 fev 2017 - 10h37

Média de idade do time titular do Capiatá é de 32 anos

O Atlético Paranaense vai enfrentar um time de veteranos no próximo confronto na Copa Libertadores. O Deportivo Capiatá, adversário do jogo desta quarta-feira (dia 15) às 21h45 na Arena da Baixada, terá dez titulares com 29 ou mais anos de idade. O único “jovem” da equipe é o volante Alexis González, de 25 anos. A média dos 11 prováveis titulares é de 32 anos.

Como comparação, no último jogo pela Libertadores, contra o Millonarios, o Atlético utilizou 11 titulares com média de 29,6 anos. A média de idade de todos os atletas dos 20 clubes do Brasileirão 2016 foi de 25,9 anos. A equipe com menor média na primeira divisão de 2016 foi o próprio Atlético-PR, com 24,9 anos. As maiores foram o Santa Cruz, com 28,2, e o Atlético-MG, com 27,9.

Entre os veteranos titulares do Capiatá, o mais conhecido é o lateral Bonet, 39 anos, com 78 jogos pela seleção paraguaia. Outro é o versátil Julio Irrazábal, 36 anos, que defendeu o Vasco em 2010 e 2011.

O artilheiro do time paraguaio é o atacante Roberto Gamarra, 35 anos, que marcou três gols nos quatro jogos do Capiatá na Libertadores 2017. O jogador, de 1,76 m de altura, soma 22 gols nos últimos 44 jogos pelo clube.

A maioria dos titulares passou grande parte da carreira em clubes do Paraguai. Um dos poucos com sucesso no Exterior é o meia Eduardo Ledesma, 31 anos, com seis jogos pela seleção paraguaia e passagens pela LDU, do Equador, e pelo Lanús, da Argentina.

O técnico da equipe é o ex-volante Gavilán, 36 anos, que jogou por Internacional, Portuguesa, Flamengo, Grêmio, Independiente-ARG e Newcastle-ING.

Para chegar à vaga na Libertadores, o Capiatá terminou em quarto lugar no “agregado” do campeonato paraguaio, ou seja, as somas do Apertura e do Clausura de 2016. Nessa classificação geral, o time ficou atrás de Guaraní, Olimpia e Libertad. O tradicional Cerro Porteño terminou em quinto lugar nessa tabela.

Fundado em setembro de 2008, o Capiatá joga a Libertadores pela primeira vez. Na primeira fase, eliminou o Deportivo Táchira, da Venezuela. Venceu o jogo em casa por 1 a 0 e empatou fora em 0 a 0. Na segunda fase, pegou o Universitario, do Peru, e perdeu em casa por 3 a 1. Na volta, fora de casa, conseguiu uma virada sensacional e ganhou por 3 a 0.

A primeira façanha internacional do Capiatá foi em 2014, na Copa Sul-Americana. Eliminou o Danubio, do Uruguai, e o Caracas, da Venezuela, nas duas primeiras fases. Na terceira fase, só foi desclassificado nos pênaltis, pelo Boca Juniors, da Argentina.

Na atual temporada, o técnico Gavilan vem poupando os titulares nas partidas do campeonato nacional, que já teve duas rodadas. No último domingo, o Capiatá perdeu por 2 a 1 para o Libertad. Na primeira rodada, venceu o Nacional, por 1 a 0.

Para o jogo com o Atlético, nesta quarta-feira, o volante Alex González é dúvida. O volante Cristian Martínez, 33, está suspenso.

O CAPIATÁ
Provável time titular do Deportivo Capiatá

Bernardo Medina, 29 anos
Gustavo Noguera, 29 anos
Jorge Paredes, 31 anos
Néstor González, 30 anos
lateral Bonet, 39 anos
Alexis González, 25 anos
Eduardo Ledesma, 31 anos
Blas Irala, 33 anos
Luzardi, 34 anos
Julio Irrazábal, 36 anos
Roberto Gamarra, 35 anos

O ATLÉTICO
Provável time titular do Furacão

Weverton, 29 anos
Jonathan, 30 anos
Paulo André, 33 anos
Wanderson, 26 anos
Sidcley, 23 anos
Otávio, 22 anos
Lucho Gonzalez, 36 anos
Pablo, 24 anos
Carlos Alberto, 32 anos
Nikão, 24 anos
Grafite, 37 anos



Últimas Notícias

Brasileiro

Libertadores, estamos chegando!

Na Arena da Baixada, o Athletico enfrentou o Botafogo pela última rodada do Campeonato Brasileiro de 2022. Dependendo somente das suas forças para garantir presença…