21 fev 2017 - 1h29

Clubes não foram unânimes em proibir grama sintética

A decisão de proibir o uso da grama sintética em jogos do Campeonato Brasileiro a partir de 2018 não foi unânime entre os clubes de todo o país. A proposta da proibição, sugerida pelo presidente do Vasco, Eurico Miranda, foi a votação na reunião do Conselho Técnico do Campeonato Brasileiro, com 15 votos a favor da proibição e 5 contrários.

Além do Atlético Paranaense, outros quatro clubes se posicionaram contra a ação. Apesar de oficialmente não ser divulgado quais clubes votaram contra, alguns presidentes de outras agremiações manifestaram publicamente descontentamento com a decisão. Ao que tudo indica, Bahia, Sport, Palmeiras e Coritiba votaram junto com o Atlético a favor da grama sintética.

“O pessoal acha que o gramado sintético prejudica algumas equipes. Houve questionamentos. Optou-se por fazer uma transição, que neste ano se jogue pensando em adaptá-lo para o ano que vem. Nós não concordamos, porque jogamos lá e vimos que não é sintética comum, como eles pensam”, afirmou o vice-presidente do Palmeiras, Genaro Marino.

O presidente do Bahia, Marcelo Sant’Ana, usou as redes sociais para manifestar apoio ao gramado artificial. “Bahia apoia sintético pq Fifa dá ok e arenas têm problema de iluminação solar. Fonte Nova já tenta nova grama. Mts clubes têm sintético em CT”, escreveu em sua conta no twitter.

O jornalista Cassio Zirpoli, do Diário de Pernambuco, também usou as redes sociais para informar a posição do Sport sobre a questão da grama artificial: “O Sport foi representado por Arnaldo Barros [presidente do clube] no conselho técnico. Votou contra a venda de mando e foi contra a proibição de grama sintética”, informou.

O Coritiba, que foi representado na reunião pelo seu presidente, Rogério Bacellar, não chegou a anunciar publicamente seu voto, mas a recente aproximação dos clubes fora de campo dá indícios de que estariam juntos também nessa disputa.



Últimas Notícias

Brasileirão A1|Opinião

NEM 8, E NEM 80

O título do que será relatado abaixo, resume muito o sentimento desse ilustre torcedor quem vos escreve.   Na noite de ontem o Furacão entrou…