1 mar 2017 - 22h04

Torcedores e clubes não pouparam críticas à FPF

Os presentes no Atletiba desta quarta-feira (1) aproveitaram para criticar a Federação Paranaense de Futebol. A torcida que participou nas redes sociais e a equipe de transmissão contratada pelos clubes estiveram, em alguns momentos do jogo, criticando a postura da Federação enquanto exaltavam a iniciativa dos clubes pela transmissão on-line da partida.

A bronca entre as partes aconteceu quando a FPF impediu a realização do clássico na data original, domingo retrasado (19). A versão oficial da entidade foi de que os profissionais de imprensa presentes no estádio não estavam credenciados, porém um vídeo divulgado nas redes sociais mostrou o quarto árbitro, Rafael Traci, esclarecendo que não poderiam dar início à partida porque a Federação não autorizava a transmissão por outra emissora que não a detentora dos direitos da competição.

Após o adiamento, e a fim de evitar novo impasse, os clubes solicitaram o credenciamento de seus profissionais e, enfim, a partida (e a inédita transmissão on-line) puderam ocorrer normalmente nesta quarta (1). A iniciativa foi bastante comentada e elogiada nas redes sociais e não apenas por torcedores da dupla Atletiba.



Últimas Notícias

Brasileiro

Libertadores, estamos chegando!

Na Arena da Baixada, o Athletico enfrentou o Botafogo pela última rodada do Campeonato Brasileiro de 2022. Dependendo somente das suas forças para garantir presença…