7 mar 2017 - 17h34

Dia especial: Paulo Autuori completa um ano de Atlético

Em um país que tem a fama de não manter os técnicos no cargo após resultados ruins pelos clubes, Paulo Autuori foge à regra e completa 365 dias como treinador no Furacão. Ao completar um ano de clube nesta terça-feira (7), o comandante quebra um recorde pessoal e um histórico ruim do Atlético.

Um levantamento do site GloboEsporte.com afirmou que o treinador nunca completou um ano em um clube brasileiro. Seu maior trabalho, até então, havia sido no São Paulo em 2005 – ano em que foi campeão da Libertadores, justamente em cima do Rubro-Negro, e campeão Mundial.

O Atlético, até a chegada de Autuori, também estava entre os famosos clubes "sem paciência" com os treinadores. Desde 2012, o Rubro-Negro tem uma média de um treinador a cada três meses. Paulo Autuori é o 14º da lista. O técnico atleticano sempre destacou o projeto do clube, que o fez voltar à beira do campo, principalmente com as categorias de base. Ele também não descartou a possibilidade de seguir no Furacão em outras funções futuramente.

"Eu valorizo a possibilidade de dar continuidade ao projeto, um ano, dois anos, meses, não interessa. O importante são as possibilidades que você tem dentro de um projeto como o do Atlético. E eu vou trabalhar muito para corresponder as expectativas das pessoas. Enquanto eu puder trabalhar, eu vou dar a minha vida para isso", afirmou em entrevista à TVCAP.

Autuori já comandou o Atlético em 66 partidas, sendo 29 vitórias, 15 empates e 22 derrotas, com um aproveitamento de 52%. Neste período, ele conquistou um título do Campeonato Paranaense, terminou o Campeonato Brasileiro 2016 na sexta posição – que deu uma vaga ao clube para a Libertadores -, e classificou o time para a fase de grupos do torneio.

Para comemorar este um ano de clube, o treinador irá comandar o Furacão em mais uma partida. Nesta terça-feira (7), às 21h, o Rubro-Negro estreia na fase de grupos contra o Universidad Católica na Arena da Baixada. E a festa pode ser completa com uma vitória!



Últimas Notícias

Libertadores

Vamos, oh meu Furacão

Os pouco mais de 1.800 km que separam Curitiba de La Plata começaram a ser enfrentados por centenas de atleticanos desde o último fim de…