12 abr 2017 - 23h53

Atlético perde no Rio de Janeiro

O Atlético não esteve em uma boa jornada no estádio do Maracanã. Como consequência, sofreu sua primeira derrota na fase de grupos da Libertadores da América, acumulando agora uma vitória, um empate e uma derrota, o que faz o time dormir na terceira posição do grupo, com 4 pontos ganhos.

Na primeira etapa, o Furacão começou tomando a iniciativa, com uma boa jogada de Douglas Coutinho logo no primeiro minuto, quando o atacante atleticano cruzou bola perigosa para Nikão. No entanto, o panorama da partida mudou aos 6`, quando Guerrero abriu o placar para o Flamengo, depois de falha conjunta de Thiago Heleno e Paulo André, que permitiram que o centroavante peruano saísse na cara de Weverton.

E para piorar a situação, aos 15` os donos da casa ampliaram o marcador. Diego recebeu um pouco atrás da marca do pênalti e bateu bonito, sem a mínima chance para o goleiro do Furacão. Na sequência, o Atlético quase diminuiu com o meia Nikão, que exigiu boa defesa de Muralha, em chute de fora da área. Aos 26`, quase o terceiro do Flamengo, após ótima finalização de Diego, que parou no travessão. Mesmo com mais de 50% de posse de bola, o Furacão não conseguiu criar muito, tendo apenas mais uma chance em chute de longe de Douglas Coutinho.

No segundo tempo, o ritmo do jogo continuou parecido, com o Atlético tendo muito a bola e o Flamengo explorando os contra-ataques. Mais seguro na defesa, o Furacão descontou o placar aos 13`, depois de um erro na saída de bola do time da casa. Jonathan deu um bonito drible e tocou para Lucho González. O argentino lançou Douglas Coutinho, que encontrou Nikão livre na pequena área, que só teve o trabalho de rolar para o gol.

Aos 32`, já com Grafite em campo, de volta depois de lesão, o Atlético quase empatou, em boa jogada do meia João Pedro, que em finalização rasteira parou no goleiro Muralha. Permitindo pouquíssimas chances ao time carioca, o Furacão chegou a empatar a partida aos 45`, mas Nikão, em posição de impedimento, viu seu gol ser anulado. E terminou assim: Flamengo 2 a 1 no Atlético, punido pelo péssimo início de jogo, quando viu o rival abrir 2 a 0 com muita facilidade.

O motorzinho atleticano: Nikão foi um dos melhores em campo pelo lado atleticano, protegendo muito bem a bola, anotando o gol e ainda criando outras boas chances para a equipe.

Os gols:
1 a 0 – 6`/1 tempo. Guerrero – O atacante peruano chutou, Weverton defendeu, mas no rebote ganhou de Thiago Heleno e abriu o placar.
2 a 0 – 15`/1 tempo. Diego – O camisa 10 flamenguista recebeu na área e chutou no ângulo de Weverton.
2 a 1 – 13`/ 2 tempo. Nikão – O meia atleticano recebeu de Douglas Coutinho na pequena área e só empurrou para as redes.

Próximos jogos: Londrina (casa), Londrina (fora), e Flamengo (casa)

%ficha=1240%



Últimas Notícias

Brasileiro

Mais do mesmo

Pela rodada 18 do Brasileirão, em Bragança Paulista, Bragantino 1 x 0 Athletico. Em mais uma jornada com a horrenda camisa amarela, o Athletico precisava…

Sul-Americana

Tá ruim mas tá bom

Pela repescagem (ou playoff) da Sul-Americana, no Paraguai, Cerro Porteño 1 x 1 Athletico. No segundo jogo de Martin Varini no comando técnico do Athletico,…